Startup resolve o problema de entrega da sua empresa conectando-a com freelancers

As entregas devem caber em uma moto e possuem preço fixo em corridas com percurso de 8 km

0
shares

As lojas de varejo hoje possuem muitas atribuições, como a preocupação com a qualidade do produto, satisfação do cliente e imersão no mercado. Ações que fogem deste escopo dificultam o dia a dia e influenciam a logística das empresas. A Pronto Rush percebeu uma dor de alguns varejistas: realizar entregas.

A entrega de mercadorias e objetos requer uma estrutura que muitas empresas não possuem – seja por falta de demanda, capital ou planejamento. É aí que a Pronto Rush entra: a startup conecta empresas à entregadores e possui um valor fixo por entrega. Ao lojista, cabe apenas fazer o pedido e pagar pelas corridas. Não há um contrato de prestações de serviço e o cliente é livre para solicitar quantas entregas desejar.

Entregas com um percurso de até 8 km custam R$ 9. A cada km adicionado, é somado um real. 75% desse valor permanece com os motociclistas entregadores. Atualmente, há cerca de 1.500 entregadores cadastrados, que podem escolher se realizam a entrega ou não.

Entregadores parceiros

Os profissionais que desejam tornar-se entregadores da Pronto Rush precisam ter uma motocicleta com baú, onde as entregas são armazenadas. É realizado um cadastro no site, que é avaliado e verificado a partir de critérios da startup.

“Quando é aprovado, o entregador é chamado para um treinamento presencial. Depois, está apto para fazer entregas pelo aplicativo”, comenta o CEO da Pronto Rush, Felipe Neuwald. O vínculo entre a empresa e o entregador é de freelance. O treinamento é realizado uma vez por semana e dura em média 3 horas. Os entregadores são ensinados a usar o aplicativo e qual atitude devem ter com os clientes.

Trajetória

Felipe Neuwald criou a empresa em dezembro de 2016. Quarenta dias depois, o aplicativo já estava disponível para utilização. Davi Neves e Olívia Paranayba são cofundadores da startup. Hoje, a Pronto Rush conta com 15 funcionários. “Nosso faturamento cresce, em média, mais de 60% ao mês”, comenta o CEO.

A Pronto Rush atende clientes de segmentos variados: desde alimentação à área corporativa e varejo em geral. A solução oferecida, por não ter vínculos contratuais ou de demanda, ajuda varejistas que não possuem sistemas de entregas à adentrar neste novo mercado.

Essa e outras soluções para o varejo serão discutidas na RetailTech Conference, uma conferência especializada em tecnologias para ajudar a área de varejo, aumentando receitas e diminuindo custos para lojistas através do serviço e parceria com startups, como é o caso da ProntoRush. Confira programação e adquira seu ingresso com desconto.

“O fato da Pronto Rush ser uma empresa americana facilita no ponto de vista de operação, velocidade e fundraising”, afirma. A startup já captou US$ 350 mil de investidores do Canadá, Brasil e Ilhas Britânicas.

Apesar de ser uma empresa americana, a Pronto Rush opera somente no Brasil. Por enquanto, o serviço está disponível apenas em Brasília, mas deverá ser expandido para outras cidades em breve.

Participe do maior censo de startups do Brasil! Não deixe de entrar no grupo de discussão da StartSe no Facebook e de inscrever-se na nossa newsletter para receber o melhor de nosso conteúdo!

E caso você tenha em patrocinar os eventos da Startse, entre em contato no patrocinio@startse.com.

Comentários