Pra Que Dinheiro? oferece marketplace de trocas de produtos e serviços

O grande diferencial é que as pessoas trocam seus produtos por créditos, no caso TUTU - esta seria a forma de dar valor ao produto trocado

0
shares

A Pra Que Dinheiro? (confira seu perfil na base do StartSe) é um marketplace de trocas de produtos e serviços.

“Conectamos e administramos uma rede de pessoas que querem se desfazer de algo que não utilizam mais em troca de produtos que estão precisando. A ideia surgiu em 2014, quando percebi que tinha alguns produtos em casa que eu não usava, alguns com pouco uso e outros que nunca haviam sido usados. Pensei então em trocar por algo de que eu estava precisando, evitando deste modo, gastar ao comprar um novo produto, sendo que eu poderia de algum modo, agregar valor ao que tinha em mãos. Quando tentei trocar o primeiro produto, me deparei com algumas barreiras, entre elas, e a mais complicada, era a dificuldade de encontrar alguém que aceitasse meu produto em troca do que ela tinha para me oferecer, os interesses não eram comuns, ou o valor inviabilizava a troca, ou o produto não interessava a uma das partes”, comenta o CEO Alessandro Candiani.

Diante deste cenário, surgiu a ideia de criar um site de trocas, em que o grande diferencial é que as pessoas trocam seus produtos por créditos, no caso TUTU. Esta seria a forma de dar valor ao produto trocado - e conforme o usuário acumulasse TUTUS, ele poderia trocar por qualquer produto do site de seu interesse.

“Quando alguém adquirir seu produto você receberá TUTUS em troca. Nessa opção você não tem custos em dinheiro somente uma taxa de 10% em TUTUS deduzidos automaticamente após a liberação dos TUTUS em sua conta. Você pode acelerar a troca dos seus produtos. Nessa opção você paga 10% sobre o valor do produto, mais o frete, ambos em dinheiro. Após a coleta e a auditoria dos produtos, liberamos os TUTUS em sua conta no site”, continua.

Você pode adquirir pacotes de TUTUS. Nessa opção você paga o valor total em dinheiro. No Pra Que Dinheiro? toda a logística é feita pelo site, que coleta e entrega em todo o Brasil.

Quanto maior o número de pessoas que se desfazem de seus produtos sem utilização e outras o consomem, menos produtos são produzidos, mais recursos naturais são preservados.

“Hoje é um mercado que está em plena expansão, somos diretamente beneficiados pela crise, há uma evidente mudança no perfil do consumidor, uma crescente mudança cultural em que as pessoas estão dando muito mais valor ao dinheiro e ao consumo consciente. Tem uma significativa abertura para uma disposição maior em testar algo novo que beneficie a maioria e por consequência ao nosso planeta, preservando os recursos naturais e temos forte ligação com esse conceito”, finaliza.

Faça parte do maior conector do ecossistema de startups brasileiro! Não deixe de entrar no grupo de discussão do StartSe no Facebook e de inscrever-se na nossa newsletter para receber o melhor de nosso conteúdo! E se você tem interesse em anunciar aqui no StartSe, baixe nosso mídia kit.

Atualize-se em apenas 5 minutos


Receba diariamente nossas análises e sinta-se preparado para tomar as melhores decisões no seu dia a dia gratuitamente.

Comentários