Ford financia startup para competir com outras gigantes

A Ford não é uma corporate venturer ativo e o investimento é atípico, após a assinatura de uma parceria estratégica em dezembro de 2015

0
shares

A montadora Ford fez um investimento de US$ 182 milhões na Pivotal Software, uma empresa de tecnologia, mostra o site Global Corporate Venturing. Isso pode ser uma nova indicação de que a empresa fundada por Henry Ford vê nas startups uma forma de combater seus concorrentes: Tesla, Fiat/Google, Apple e BMW estão liderando a corrida - isso sem falar na GM e Lyft.

Esse é mais um caso de empresa que investe em startup para conseguir trazer a inovação para dentro de casa - um fenômeno chamado de Corporate Venture. Se você quer entender como funciona, como sua empresa pode se beneficiar deste fenômeno e entender a situação no Brasil, não deixe de se inscrever na reunião da Brasil Ventures, no final do mês.

A empresa co-investiu junto com a VMWare, EMC, Microsoft e General Electric (que já havia adquirido 10% da empresa em 2013), em um round de financiamento de US$ 253 milhões, sua série C. A empresa foi avaliada em US$ 2,8 bilhões.

A Ford não é uma corporate venturer ativo e o investimento é atípico, após a assinatura de uma parceria estratégica em dezembro de 2015. Agora, a Ford passará a usar o conhecimento da Pivotal para continuar desenvolvendo seu carro inteligente e a sua iniciativa Ford Smart Mobility.

A empresa quer desenvolver uma "plataforma de transporte para o futuro", que envolve conectividade, mobilidade, veículos autônomos, dados, análise. A GM quer fazer o mesmo e já recrutou a Lyft, um aplicativo que conecta motoristas e passageiros, atrás apenas do Uber nos Estados Unidos e que já deve testar carros autônomos a partir do ano que vem

Outras empresas como Nokia, Intel e Alibaba também investiram em tecnologias para carros conectados. A Daimler, dona da Mercedes-Benz, é outra que fez pesados investimentos em corporate venturing para inovar neste setor, enquanto a BMW lançou sua plataforma BMW i Ventures, que investe em startups que desenvolvem este tipo de tecnologia.

Seja como for, o carro do futuro alias duas coisas: autonomia e fontes alternativas de combustível - a era do petróleo está, de fato, com seus dias contatos.

Mensagem do Editor

Ei, tudo bom?

Gostaria de agradecer pela visita! Meu nome é Felipe Moreno, sou editor-chefe do StartSe e, como muito de vocês, dono de uma (minúscula) startup de mídia.

E te fazer um pequeno convite: vamos bater um papo! É só se cadastrar aqui embaixo e eu vou te enviar alguns e-mails para você com o melhor do nosso conteúdo para te ajudar, seja você um empreendedor, funcionário, investidor ou apenas interessado neste maravilhoso mundo!

É um caminho de comunicação direto que nenhum outro portal oferece para seus leitores. E a intenção é construir uma comunidade vibrante que esteja preparada para todos os enormes desafios que virão. Vamos construir conhecimento e conteúdo juntos! Conto muito com a presença de vocês neste papo!

Junte-se a mais de 400.000 Empresários e Profissionais Para Conhecer os Negócios Mais Disruptivos do Mundo!

switch-check
switch-x
Nova Economia
switch-check
switch-x
Empreendedores
switch-check
switch-x
Investimentos
switch-check
switch-x
Startups
switch-check
switch-x
Ecossistema

Comentários