Bolsa de Mercadorias de Chicago irá negociar contratos de Bitcoins ainda em 2017

Avatar

Por Elena Costa

31 de outubro de 2017 às 16:40 - Atualizado há 3 anos

Logo ReStartSe

GRATUITO, 100% ONLINE E AO VIVO

Inscreva-se para o Maior Programa de Capacitação GRATUITO para empresários, gestores, empreendedores e profissionais que desejam reduzir os impactos da Crise em 2020

O Chicago Mercantile Exchange (CME) anunciou que irá lançar contratos futuros de bitcoin até o fim deste ano.  O maior grupo operador do mercado de mercadorias nos Estados Unidos aguarda as aprovações regulatórias para anunciar mais informações e decisões – em uma atitude que pode ser completamente transformadora para a moeda e sua adoção.

A iniciativa de introduzir a criptomoeda no mercado possibilitará que bancos e empresas comerciais se protejam das altas oscilações do preço da moeda, criando uma espécie de “seguro” para a moeda. Além disso, ajudará investidores pessoas físicas a negociarem o bitcoin de uma maneira mais simples.

Os contratos serão liquidados em dinheiro com base na BRR, uma taxa diária do preço em dólar da criptomoeda, mais conhecida como Taxa de Referência CME CF Bitcoin. O CME inicia agora uma corrida com a sua principal concorrente, Chicago Board Options Exchange (CBOE) em relação a quem irá realizar primeiro a operação de futuros de bitcoin.

A notícia foi realizada após a criptomoeda bater recorde no mercado alcançando US$ 6.300. Essa é uma excelente notícia para quem acredita em altas para a matéria – uma negociação de contratos futuros em uma bolsa tão relevante quanto a CME indica uma maior adoção da moeda.

O bitcoin está ascensão e tão bem valorizada que o mercado financeiro já está de olho na criptomoeda e as mudanças e transformações que ela está realizando. Esse assunto e outros que permeia a moeda farão parte do evento Bitcoin Conference, quando reuniremos os maiores especialistas do Brasil para tratar deste assunto tão quente.

Clique aqui para conhecer a programação e garanta sua participação no evento.