10 dicas para você sobreviver a fase de bootstrap de sua startup

Avatar

Por Lucas Bicudo

20 de outubro de 2016 às 14:52 - Atualizado há 4 anos

Logo ReStartSe

Inscreva-se para o maior e mais audacioso evento de inovação, tecnologia e transformação digital já feito na América Latina. 30 dias que vão mudar sua visão de mundo, dos seus negócios e da sua carreira.

Online e totalmente gratuito - 01 a 30 de outubro/2020

A maioria da startups se estruturam sem a injeção de capital de VCs ou investidores-anjo. Os números nos Estados Unidos, aliás, são para ficar guardados na mente, para quando você pensar que o caminho não é possível sem esses tipos de investimento: fundos de capital de risco financiam apenas 0,05% das startups e investidores anjos são responsáveis por apenas 0,91%.

Com essas chances, se você ainda bater o pé e quiser começar a empreender, provavelmente você passará pela fase de bootstrap, o que não é fácil, mas pode ser bastante gratificante, pessoal e financeiramente, à medida que você possui 100% do seu equity.

Confira 10 dicas para ajudarem a você ultrapassar essa fase rumo ao sucesso:

1 – Mapeie por completo seu mercado e a concorrência

Antes de você fazer qualquer coisa, você precisa saber se possui uma oportunidade de negócio viável. Seu produto ou serviço já está disponível no mercado? Se existe concorrência, como os consumidores o irão diferenciar dos demais? O que faz de você a melhor opção? Algumas das mais sucedidas empresas de SaaS venderam seu produto antes mesmo dele ter sido desenvolvido, para ter certeza de que havia um mercado. Esse é um exemplo de extremos que empreendedores estão dispostos a correr para ter certeza de que investirão em uma oportunidade real.

2 – Crie um modelo de negócios que capte rapidamente receitas

Bootstrapping é, sobretudo, se virar para dar uma guinada em algum projeto. Para isso, você precisa gerar receita rapidamente. Senão, você irá morrer na praia quando estourar todas suas reservas que foram destinadas inicialmente para o projeto. Fluxo constante de caixa é obrigatório.

3 – No começo, lide você mesmo com as relações públicas

Startups podem se beneficiar bastante com a exposição que a mídia gera. Jornalistas e editores, atualmente, já recebem uma enxurrada de materiais de imprensa de empresas de relações públicas, portanto trate você, o fundador, de ser sua própria empresa de RP, porque eles querem falar com você. O acesso a conteúdo base eles já têm e é você quem poderá passar a visão diferenciada de seu negócio.

4 – Crie maneiras para seus clientes iniciais recomendarem seu negócio

Pessoas amam novas startups e novas tecnologias. Mas mais do que isso, as pessoas amam mostrar o quão essas novas tecnologias são legais em suas redes sociais. Crie maneiras para que seus clientes recomendem seu produto ou serviço para sua rede de amigos. Faça com que o boca-a-boca seja sua rede de expansão em um momento inicial. Permita que seus primeiros usuários ganhem descontos se eles compartilharem determinado post, ou crie uma hashtag que eventualmente selecionará prêmios para vencedores. Engaje-os.

5 – Faça com que seu site cresça à medida que você crescer

Acontece o tempo todo: uma startup possui um site já projetado e, à medida que seus features são lançados, não sobra mais dinheiro para um marketing eficiente. Elas gastam uma pilha de dinheiro para criarem um site bonito no início e depois não sobra nada para alimentá-lo propriamente. Se você estiver operando com um orçamento apertado, você pode usar um tema pré-fabricados para dar o pontapé inicial e depois controlar a maioria dos seus fundos para promover e crescer o seu negócio junto com você. Depois de ter fluxo de caixa positivo e um modelo de negócio comprovado, você pode renovar seu site conforme suas necessidades.

6 – Lance campanhas de marketing criativas

Nem sempre você precisa de bastante dinheiro para expor sua marca, às vezes é só necessária uma abordagem criativa. Veja como exemplo a Newcastle Brown Ale, que em 2014 lançou um vídeo sobre como quase fizeram um comercial para o Super Bowl com a Anna Kendrick. A companhia não gastou uma fortuna com propaganda durante o evento, mas lançou um vídeo sobre como quase fez isso. Esse vídeo se tornou viral nas redes sociais e recebeu mais publicidade do que receberia no caso de ser veiculado no comercial.

7 – Tenha anotado cada centavo que você gastar

Ter em mente cada centavo que você gasta no seu negócio é crucial. O dinheiro simplesmente tende a desaparecer quando você começa uma empreitada. Monitore seus gastos diariamente, não existe nenhuma desculpa para uma contabilidade preguiçosa.

8 – Elimine a maior quantidade de despesas pessoais que forem possíveis

Empreender pode soar muito atraente, mas a realidade não é quase nada. Passar pelo bootstrap é passar por uma prova de fogo. Você tem que estar preparado para podar drasticamente despesas pessoais desnecessárias ou eliminá-las completamente. Olhe para os seus extratos bancários dos últimos meses e descubra áreas em que você pode reduzir ou eliminar gastos.

9 – Assuma todas as funções que você for capaz de realizar sozinho

Existe uma grande diferença entre trabalhos que você não consegue fazer e trabalhos que você não quer fazer. Se uma tarefa requer um tipo de aprendizado técnico em específico que você não possui, claro, é a hora de delegar, mas se é algo que você é totalmente capaz de, mas simplesmente não se sente confortável de fazer, você está criando uma despesa desnecessária. Faça o que você tiver que fazer para seu negócio ser bem-sucedido, desde vender até limpar o lixo.

10 – Resiliência: seja persistente e não desista

Resiliência: seja persistente e não desista. Resiliência: seja persistente e não desista. Resiliência: seja persistente e não desista. Resiliência: seja persistente e não desista. Resiliência: seja persistente e não desista. Resiliência: seja persistente e não desista. Use esse mantra. Nunca para trás, sempre para frente.

(via Entrepreneur)

Não deixe de entrar no grupo de discussão do StartSe no Facebook e de inscrever-se na nossa newsletter para receber o melhor de nosso conteúdo!
[php snippet=5]