Hoje é o dia de quem gera empregos e faz o Brasil crescer mais

Da Redação

Por Da Redação

5 de outubro de 2016 às 14:57 - Atualizado há 4 anos

Vem aí a melhor formação de líderes do Brasil

Logo Liderança Exponencial Aprenda as novas competências fundamentais para desenvolver uma liderança exponencial e desenvolva diferenciais competitivos para se tornar um profissional de destaque no mercado.

100% online, aulas ao vivo e gravadas

Próxima turma: De 14 a 17/Dez, das 19hs às 22hs

Inscreva-se agora
Logo Black Friday 2020

Nossos melhores Cursos Executivos ou Programas Internacionais com até 50% off

Quero saber mais

Parabéns para você empreendedor! Dia 5 de outubro é seu dia. Pode parecer besteira, mas usemos este momento para discorrer, refletir e comemorar um pouco sobre o seu papel no Brasil e no mundo.

Bom, vamos lá. Primeiramente, gostaria de dizer que VOCÊ está de parabéns por tomar riscos e criar empregos, fazer o Brasil crescer. Sem empreendedores, não há desenvolvimento econômico: o empreendedorismo é a peça fundamental da sociedade capitalista. Dependemos profundamente de pessoas que estão dispostas a arriscar, inovar e que colocam novos produtos e soluções no mercado para que possamos usar.

Um empreendedor é alguém que, de uma forma ou de outra, está tentando atender os anseios de milhões de pessoas, cujo coletivo chamamos de “mercado”. Um bom empreendedor é aquele que sabe ler as necessidades desse coletivo de pessoas e as atende com qualidade. Essa pessoa é que fez o hoje ser melhor que o ontem. E que vai permitir que o amanhã seja melhor que o hoje.

Muitas pessoas se dizem contra o mercado e contra o empreendedorismo. São, na verdade, contra a própria humanidade que por séculos se desenvolveu neste caminho. É da natureza do ser humano querer criar coisas novas e não é pecado nenhum que essas pessoas enriqueçam. Não é o dinheiro que traz a virtude, mas essa virtude específica, com certeza, traz o dinheiro.

Sabemos que o mundo não é perfeito e que muitas pessoas não desfrutam da segurança material que todos deveriam desfrutar. E que as oportunidades nem sempre são as mesmas para todos. Mas o próprio empreendedorismo traz soluções para isso: graças à evolução da tecnologia, é cada vez mais fácil empreender. Custos de milhões de décadas atrás atualmente são apenas algumas dezenas de dólares por conta da IaaS (Infrastructure as a Service), como Amazon Web Services e Microsoft Azure.

Isso permitiu que o empreendedorismo se tornasse algo cada vez mais comum e que milhares de pessoas não tivessem barreiras que outrora tinham. Uma geração mais empreendedora está se formando agora, graças a eliminação dessas barreiras. Uma geração inteira que quer trabalhar duro, gerar empregos e ver suas startups crescerem.

E como consequência disso, o empreendedor vai enriquecer. O bom empreendedor terá uma vida material muito mais confortável por ter ajudado milhares ou milhões (atualmente, com a era digital, até bilhões) de pessoas com suas necessidades básicas, de entretenimento, conhecimento ou as mais diversas áreas que existem.

Mas engana-se que um empreendedor é alguém de vida fácil. Muito pelo contrário. São as pessoas com mais chefes que existem: cada consumidor é um chefe diferente, com vontades diferentes. Alguns serão microgerenciadores e só ficarão satisfeitos. Outros te darão a liberdade de agradá-los da forma que você quiser.

Mas cada um será um pequeno ditador e só lhe dará o seu salário (isto é, teus ganhos) se você conseguir agradá-los o suficiente para suprir suas necessidades.

O StartSe tem muito orgulho de ter ajudado. Para cada startup que contrata mais uma pessoa, sentimos alegria. Pelo sucesso de todos que participaram de nossos eventos, cursos ou leram nossos materiais e tiveram suas vidas impactadas, sentimos alegria. Alegria por cada startup que capta um investimento que lhes permite crescer. Alegria por cada “obrigado” que ouvimos de nossos leitores.

Vivemos para poder ajudar vocês na missão de transformar e impactar positivamente o Brasil. Obrigado!!

[php snippet=5]
E não deixe de entrar no grupo de discussão do StartSe no Facebook!