Aprenda como fazer uma rede de contatos MUITO útil para seus negócios

Da Redação

Por Da Redação

24 de outubro de 2016 às 15:36 - Atualizado há 4 anos

Logo ReStartSe

Inscreva-se para o maior e mais audacioso evento de inovação, tecnologia e transformação digital já feito na América Latina. 30 dias que vão mudar sua visão de mundo, dos seus negócios e da sua carreira.

Online e totalmente gratuito - 01 a 30 de outubro/2020

Você tem contatos com quem você gostaria de fazer negocios? Vender projetos? Realizar parcerias? Bom. Todo empreendedor sabe a importância de ter “networking”, de fazer uma rede de contatos realmente útil. De poder contar com as pessoas que conhece. Contudo, são poucos o que realmente sabem fazer isso da maneira correta.

“As pessoas confundem rede de contatos com colecionar cartão de visita e estabelecer relações” frias com as pessoas”, explica o Ricardo Bellino, cuja rede de contatos vai do empresário brasileiro Roberto Justus até Donald Trump, potencial próximo presidente americano pelo partido republicano.

Ele ressalta que é o importante mesmo é ter relações quentes com as pessoas com quem quer fazer negócio, para fazer com que elas realmente desejem estar próximos de você. “O mais importante é criar vínculos fortes, quase como confrarias”, conta. “Eu construí mais que redes de contatos, construí confrarias!”, se orgulha.

Ele explica como aquecer sua base de contatos no Masterclass que dará em conjunto com o StartSe (clique aqui para conhecer), mas o primeiro passo é simples: basta ter entusiasmo. “Somos seres muito baseados em conexão! O primeiro elemento se chama entusiasmo, essa energia que você transfere sobre sua vida, sobre seus projetos”, explica o empreendedor.

Não adianta ser uma pessoa para baixo: você precisa transferir confiança em você mesmo se quer que as pessoas lembrem de você positivamente e desejem fazer negócios contigo. “O magnetismo do entusiasmo é quase magico. As pessoas possuem memórias emocionais com quem transfere energia. E uma rejeição natural por quem não transmite”, diz Bellino.

É muito simples de entender: você conhece dois empreendedores em uma mesma tarde. Um deles te conta estar trabalhando em um projeto SENSACIONAL. REVOLUCIONÁRIO. DO CARALHO. TRANSFORMADOR! E o outro te conta estar com “uma ideia”. De quem você vai lembrar mais facilmente? Pois é.

Dito isso, não adianta simplesmente trocar cartões com esses empreendedores e achar que com isso vocês criaram uma próspera rede de relacionamentos. Você precisa ser amigo destas pessoas, ter empatia por eles. “Quando a pessoa quer criar uma rede de relacionamento, não basta fazer um mailing, ter cartões. Não basta abordagens frias”, destaca. E amizade é igual pomar: tem que regar sempre.

Se bem utilizada, uma rede de relacionamentos pode ser fundamental para que você prospere no futuro. “Eu acho que é fundamental ter uma rede de relacionamento, se ela é baseada em algo quente. Você tem que construir sua própria marca, e fazer as pessoas entenderem que você vai gerar algum valor”, opina.

Ter amizades pode fazer com que você consiga um investimento mais facilmente e consiga chegar em outras pessoas, fazer mais amizades e crescer ainda mais sua rede de contatos. Uma recomendação vale muito – e você só vai conseguir recomendações se tiver algo quente por trás. “Isso faz uma diferença enorme para abrir as portas com quem você precisa”, conta Bellino.

Mas não adianta fazer isso pensando apenas em colher os frutos: sua rede de contatos tem que funcionar de maneira natural, como funcionava quando você era um garoto no colégio. “Esses relacionamentos você constrói sem interesses. É por empatia. São amizades. Se a relação é só por interesse, diminui a força da relação, não funciona”, explica o empresário brasileiro.

Com um amigo, você sempre vai ter a abertura necessária para contar seus projetos. “Mesmo que a pessoa não saiba qual a ideia ou o projeto, ela vai estar sempre aberta a te escutar. A grande dificuldade é ter tempo para contar sua história”, explica.

No próprio Masterclass que ele está promovendo você terá a chance de interagir bastante com Bellino e fazer com que ele escute sua forma de interagir com os outros. Ele vai te ensinar e corrigir os problemas que surgem. Limitamos as vagas para permitir que Bellino tenha tempo de trabalhar contigo os seus problemas. Quem sabe você conseguirá ativar sua própria rede através de Bellino?

Isso será muito melhor que aprender um processo de vendas de porta-em-porta. “Se você quer vender sistematicamente os seus projetos, as pessoas se fecham. Essa abordagem de vendedor de bíblias não cola mais”, destaca.

O approach correto agora é poder levar seus projetos para os seus amigos e gerar uma bola de neve com isso: obtendo recomendações, novas conexões que vão te ajudar a fazer seu projeto prosperar! É assim que se cria e se ativa uma rede de contatos da maneira correta! “Você tem que levar algo a mais, aí as pessoas vão gostar. Ai a pessoa pode gostar ou não do teu projeto, mas isso independe. Com isso, você aumenta e muito suas possibilidades. Você acaba vendendo, mas não-vendendo”, completa Bellino.

CLIQUE AQUI PARA SE INSCREVER NO MASTERCLASS.

Não deixe de entrar no grupo de discussão do StartSe no Facebook e de inscrever-se na nossa newsletter para receber o melhor de nosso conteúdo!
[php snippet=5]