10 livros que me ensinaram a tomar as decisões certas

Avatar

Por Tallis Gomes

30 de janeiro de 2017 às 13:28 - Atualizado há 4 anos

Logo ReStartSe

GRATUITO, 100% ONLINE E AO VIVO

Inscreva-se para o Maior Programa de Capacitação GRATUITO para empresários, gestores, empreendedores e profissionais que desejam reduzir os impactos da Crise em 2020

Eu comecei a empreender com 14 anos. A Easy Taxi foi a minha quarta empresa – todas as outras anteriores falharam, exceto a Techsamurai onde eu consegui um pequeno, mas na época, significativo exit. Assim como muitos outros empreendedores, falhei em muita coisa.

Uma delas foi em acreditar que por eu ter experiências prévias, já conhecia bem o mercado. Foi um grande erro, já que nenhum de nós está totalmente preparado para o que pode acontecer. Absolutamente nada vai sair como você tentou planejar.

Mesmo assim, temos que ter recursos para procurar as melhores soluções possíveis. Um deles é conhecer histórias de outros empreendedores e saber que é preciso se adaptar às mudanças constantes do cenário – seja econômico, político e até pessoal.

Hoje invisto meu tempo na Singu, minha nova startup e alguns outros investimentos, mas também gosto de passar um pouco do que aprendi para quem está começando ou procura inspiração. Por isso, resolvi compartilhar com vocês uma lista com os livros que mais me ajudaram a enfrentar os obstáculos e me deixaram um pouco mais pronto para as adversidades:

How to Castrate a Bull – Dave Hitz

Dave Hitz não tinha o plano de ser um bilionário ou ícone do Silicon Valley. Ele apenas gostava e achava divertido resolver problemas. No mundo business, ele viu que era uma chance de fazer isso ganhando dinheiro. Como fundador da NetApp, ele aprendeu a desenvolver estratégias cada vez mais efetivas, gerenciar riscos e tirar o máximo proveito dos erros. Hoje, a empresa lucra algo em torno de 4 bilhões de dólares por ano.

O que mais me intriga na história do Dave é a forma como ele tirou aprendizado das situações de sua vida. Ele não se formou no ensino médio e durante uma época vendia o próprio sangue para conseguir uns trocados em experimentos científicos.

O nome do livro, inclusive, vem de um dos empregos prévios dele, em que era cowboy e separava, marcava e castrava gado. Daí ele aprendeu muito sobre gerenciamento. Não cheguei a fazer isso na minha vida, mas da mesma forma aprendi com as outras empresas que tive antes da Easy Taxi.

Recomendo a leitura, que além de útil, é cheia de bom humor e lições poderosas de onde você menos espera.

Exponential Organizations – Ismail Salim

Organizações Exponenciais é um livro que criou um conceito para o que a gente já conhece como Airbnb, Google e até a Easy Taxi e SINGU. São empresas que não precisam de matéria prima para crescer. Tudo que elas precisam é de tecnologia e processo.

O Airbnb pode crescer à vontade, pois depende das pessoas colocarem suas casas no aplicativo para aluguel. Quanto mais gente colocar, mais ele cresce. E tudo o que as pessoas precisam é um smartphone. A Singu idem; a única coisa que precisamos é cadastrar profissionais de beleza na plataforma para termos uma oferta de serviços em dias/horas e preços que os salões de beleza não conseguem oferecer.

Mas não para por aí. Essas organizações pensam grande e têm objetivos ousados. Não se contentam com o estado atual das coisas e tentar bater metas sempre. O livro do Ismail fala sobre o interior dessas empresas, como elas funcionam e qual é o mindset por trás de tanto sucesso.

Se você está empreendendo com tecnologia, esta leitura é indispensável. Aqui você vai saber como é a dinâmica de negócio e como acontece a experimentação e o planejamento das organizações exponenciais. Em alguns momentos, ele dá até passos detalhados para você seguir e criar uma.

The 7 Habits of Highly Effective People – Stephen R. Covey

Trabalhar seu desenvolvimento pessoal não traz benefícios só a você mas a tudo que o cerca. Isso conta a sua família, seus funcionários, parceiros e clientes. Todo mundo só tem a ganhar quando você muda algo para melhor.

E para Stephen Covey, alcançar uma mudança grande depende muito dos seus hábitos. Só se habituando a práticas positivas você consegue crescer. Este livro me ajudou muito a me manter focado em trabalhar nas coisas importantes. É como se fosse um manual bem prático de como se tornar uma pessoa mais efetiva.

Sempre falo que bons CEOs esquecem o que poderiam ter feito e focam no que podem fazer daqui pra frente. Nesse processo, o autoconhecimento e a sua consciência têm um grande papel.

How Google Works – Eric Shmidt e Jonathan Rosenberg

Este livro foi escrito por ninguém menos que o ex CEO do Google, Eric Shmidt e o SVP de produto Jonathan Rosenberg. São lições que eles aprenderam quando foram abrir a companhia e posso garantir que são realmente muito valiosas.

Eles também falam um pouco sobre como a tecnologia mudou os padrões de poder entre empresas e consumidores. Agora, uma pessoa pode olhar o preço em uma loja física e comparar com a loja virtual no mesmo momento. Essa atitude simples trouxe mudanças incríveis para o mercado.

Para os autores, o único jeito de competir agora é criar produtos fantásticos e procurar sempre pelos smart creatives. Eles são um novo tipo de funcionário, que sabe lidar com as adversidades na companhia e trazem novas ideias que são inspiradas pelas próprias empresas.

E se você era curioso para saber como o Google funciona, sua cultura organizacional, contratação de talentos, estratégia, etc, terá uma visão que só os dois poderiam oferecer – bem de dentro mesmo. Na busca por criar uma empresa de tecnologia disruptiva me inspirei muito no Google e este livro ajuda a entender ainda mais os motivos de ser uma companhia realmente fantástica.

Good to Great – Jim Collins

Este livro é para quem gosta de provas. Jim analisou dados de 146 empresas ao longo dos anos e aqui ele explica por que só 11 delas se tornaram fantásticas.

O estudo começou lá nos anos 90 e quis provar que a capacidade de uma organização ser incrível está presente no DNA dela desde o começo. O mais legal é que ele não fica só no abstrato e define no livro o conjunto de padrões que pode ser embutido na organização no começo para garantir a sustentabilidade e o destaque no mercado.

Acredito muito em tudo que é diferente, que traz uma perspectiva nova. Já adianto que para quem está acomodado, alguns conceitos que ele mostra são dolorosos de ouvir. Exatamente por isso este livro caiu no meu gosto.

The Hard Things about Hard Things – Ben Horowitz

Ben Horowitz criou a Opsware na época em que a internet estava estourando. No início dos anos 2000, ele não tinha uma noção exata do que tinha nas mãos, já que empreender nessa área ainda era bem incomum.

Por isso este livro é uma espécie de bíblia para quem empreende com startups. Ele fala, com conhecimento de causa, sobre o desafio de empreender quando o caminho não é exatamente certo.

Para quem cria um produto totalmente inovador, é difícil achar respostas prontas. Isso vale para todas as áreas da empresa, do marketing ao planejamento estratégico. Por isso digo que mesmo que você já tenha tido experiência com o mercado e começa a empreender já achando que sabe muito: esqueça o próprio ego. Não sinta-se acima de nada.

Empreender na inovação é muito diferente do que ser gerente de banco, por exemplo. Este livro ajuda bastante nisso, colocando na mesa as verdades sobre startups, sem panos quentes.

Straight from the gut – Jack Welsh

Este cara está entre os líderes que mais admiro. Ele teve uma carreira de 20 anos na General Electric e desafiou a sabedoria de muita gente grande por lá. O resultado foi aumento no faturamento de 12 para 400 bilhões de dólares.

Além de reformas estruturais, ele instaurou uma cultura de inovação na GE. Isso mudou tudo e trouxe a empresa tradicional para o cenário atual. A autobiografia fala da carreira dele nos negócios, mas também (e principalmente) de sua história pessoal. Sou muito interessado em histórias assim, que contam uma superação sem se vangloriar, de forma honesta e direta, apenas repassando os ensinamentos preciosos para frente.

Uma coisa que me marcou foi ver que Jack manteve o foco nas pessoas e no trabalho em equipe durante seu tempo na GE. Ele esperava nada menos do que o melhor delas e de si mesmo. Mais tarde ele lançou o Paixão por Vencer, onde explica em mais detalhes qual foi a mudança que levou a GE a crescer como cresceu na mão dele.

Capitalism and Freedom – Milton Friedman

Eu costumo defender que qualquer empreendedor precisa de base teórica para compreender melhor o que está fazendo. E se você sente falta disso, este é o livro.

Mesmo sendo um clássico, publicado em 1962, é bastante aplicável para os dias atuais. Basicamente, o economista Milton Friedman explica que é impossível se beneficiar da promessa que governos oferecem a empreendedores quando o próprio governo tira a sua liberdade.

O capitalismo competitivo serve para alcançar a liberdade econômica de um país e é uma condição para alcançar também a liberdade de fato.

Mesmo que você não esteja acostumado a ler textos teóricos, ele é bastante acessível e essencial para quem deseja entender as dinâmicas do sistema em que vivemos.

Atlas Shrugged – Ayn Rand

Este livro é um romance de mistério. Isso mesmo! Mas acredite ou não, traz muitas reflexões sobre o espírito humano, importantes para a vida de um empreendedor.

A história conta que em um EUA distópico, os milionários e empresários decidem abandonar suas fortunas e deixar o país por causa de um governo altamente regulador. Insistindo em taxar os cidadãos produtivos da sociedade e as realizações das empresas, o governo começa a perdê-los (te lembra algum país?).

A obra tem muito significado nas entrelinhas e nos diálogos. É uma escola para todos aqueles que acreditam em um governo paternalista e controlador; todo ser humano deveria ler Atlas Shrugged já no colégio…

The Startup Owners Manual – Steve Blank e Bob Dorf

Como o próprio nome já diz, este livro é um manual (bem detalhado) de como construir uma startup bem sucedida, escalável e lucrativa. O processo descrito aqui é ensinado em Stanford, Berkeley e Columbia, além de outras universidades grandes dos EUA. Ele te guia passo a passo para colocar em prática o plano de desenvolvimento de produto. O processo já foi testado em milhares de startups, refinado e trabalhado durantte mais de dez anos.

Além disso, os ensinamentos são mais fáceis de lembrar, já que não são só falados – Sreve e Bob colocaram também gráficos e outras imagens que explicam o conteúdo e marcam mais. Isso fora os 77 modelos de checklists, para você garantir não esquecer de nada.

Este foi um dos principais guias no desenvolvimento da Easy Taxi, que também teve ajuda de mentorias e de tudo o que já li. O que mais preciso que você entenda é a importância de se manter atualizado. Ler é uma grande ajuda nessa parte.

Recentemente assinei um serviço legal que curti muito chamado 12Minutos e descobrir que vários destes títulos estão por lá… Tenho certeza que como qualquer empreendedor, você deve ter um tempo curto para a leitura. Eu não uso o app para substituir os livros mas sim para priorizar o que quero ler e assim otimizar meu tempo com as leituras certas. #recomendo

Faça parte do maior conector do ecossistema de startups brasileiro! Conheça também o Invest Class, o nosso curso para ensinar startups a captarem dinheiro para crescer. Não deixe de entrar no grupo de discussão do StartSe no Facebook e de inscrever-se na nossa newsletter para receber o melhor de nosso conteúdo!

[php snippet=5]