YouTube vai ocultar número exato de inscritos nos canais

João Ortega

Por João Ortega

3 de setembro de 2019 às 06:09 - Atualizado há 1 ano

Vem aí a melhor formação de líderes do Brasil

Logo Liderança Exponencial Aprenda as novas competências fundamentais para desenvolver uma liderança exponencial e desenvolva diferenciais competitivos para se tornar um profissional de destaque no mercado.

100% online, aulas ao vivo e gravadas

Próxima turma: De 14 a 17/Dez, das 19hs às 22hs

Inscreva-se agora
Logo Cyber Monday 2020

Só hoje, nossos melhores Cursos Executivos ou Programas Internacionais com até 50% off

Quero saber mais

Na última sexta-feira (30), o YouTube anunciou que vai ocultar o número exato de inscritos dos canais. A partir deste mês de setembro, a contagem será aproximada. A novidade segue tendência das redes sociais de dar menos valor ao volume de pessoas que interagem ou assistem a conteúdos nas plataformas.

A mudança foi revelada pelo Google em maio deste ano, mas só entrará em vigor dentro dos próximos trinta dias. A preocupação é diminuir casos de ansiedade, estresse e baixa autoestima ligados a redes sociais. “Esperamos que isso ajude os criadores de conteúdo a contarem suas histórias, com menos pressão em relação a números”, afirmou a empresa em comunicado.

O pioneiro neste movimento foi o Instagram, que oculta, desde julho, o número de curtidas em todas as publicações. Agora, o Facebook deve seguir a mesma linha.

A novidade no YouTube, porém, é bem menos radical. A quantidade de likes, por exemplo, vai permanecer pública nos vídeos. Canais com menos de mil inscritos tampouco serão afetados pela mudança. Já um canal com 123.817 inscritos, por exemplo ficará com 123K, arredondando os valores para baixo. Vale ressaltar que a alteração também vale para ferramentas externas que mensuram dados dos vídeos e canais.