Wing, startup do Google, começa a realizar entregas com drones

Tainá Freitas

Por Tainá Freitas

21 de outubro de 2019 às 11:47 - Atualizado há 2 anos

Logo Novo Curso

Transmissão exclusiva: Dia 08 de Março, às 21h

Descubra os elementos secretos que empresas de sucesso estão usando para se libertar do antigo modelo de Gestão Feudal de Negócios.

Inscreva-se agora
Logo Cyber Monday 2020

Só hoje, nossos melhores Cursos Executivos ou Programas Internacionais com até 50% off

Quero saber mais

Moradores de Christianburg, na Virginia, nos Estados Unidos, agora poderão receber pequenas compras no FedEx, Walgreens e Sugar Magnolia via drones. A Wing, startup que pertence à Alphabet (holding do Google), começou a realizar entregas nos Estados Unidos.

A empresa afirma ser a primeira companhia a operar um delivery comercial aéreo para residências nos Estados Unidos. A intenção é que os clientes recebam, mais rapidamente, pequenas compras que antes seriam entregues por veículos convencionais.

As compras são feitas através do próprio aplicativo da Wing. Quem possui entregas de correio já agendadas pelo FedEx também pode optar pelo delivery via drone.

Confira o vídeo de lançamento:

A iniciativa é certificada pela Administração Federal de Aviação (FAA) dos Estados Unidos. “As permissões FAA da Wing são as primeiras a permitir que vários pilotos supervisionem aeronaves não tripuladas fazendo entregas comerciais simultaneamente ao público em geral, abrindo caminho para o serviço de entrega de drones mais avançado do país”, escreve a empresa no anúncio.