Uber trará carros autônomos às ruas nove meses após acidente fatal

Tainá Freitas

Por Tainá Freitas

3 de janeiro de 2019 às 08:30 - Atualizado há 2 anos

Logo ReStartSe

Inscreva-se para o maior e mais audacioso evento de inovação, tecnologia e transformação digital já feito na América Latina. 30 dias que vão mudar sua visão de mundo, dos seus negócios e da sua carreira.

Online e totalmente gratuito - 01 a 30 de outubro/2020

A Uber anunciou, em dezembro, que trará seus carros autônomos de voltas às ruas. “Um ou dois” veículos percorrerão as ruas de Pittsburgh, nos Estados Unidos.

A empresa recebeu a permissão do Departamento de Transporte da Pensilvânia para realizar os testes. Essa é a primeira vez que a Uber coloca seus carros autônomos nas ruas após o acidente fatal em março de 2018 que deixou uma vítima em Tempe, no Arizona.

Após o acidente, a Uber realizou apenas testes manuais nos veículos em São Francisco, Estados Unidos e Toronto, no Canadá. Nos testes manuais, os motoristas humanos dirigiam em todos os momentos. O objetivo era continuar capturando dados.

Já nos testes em Pittsburgh, os carros funcionarão de forma autônoma, mas com os motoristas de segurança a bordo. Eles assumirão o controle dos veículos caso seja necessário.

Os carros autônomos não poderão ultrapassar a velocidade máxima de 40 km/h. Além disso, segundo a Bloomberg, a Uber anunciou “melhorias nos freios, treino de operações e monitoramento dos motoristas”.