Uber irá verificar identidade de motoristas com selfies entre viagens

Tainá Freitas

Por Tainá Freitas

12 de abril de 2019 às 09:20 - Atualizado há 2 anos

Vem aí a melhor formação de líderes do Brasil

Logo Liderança Exponencial Aprenda as novas competências fundamentais para desenvolver uma liderança exponencial e desenvolva diferenciais competitivos para se tornar um profissional de destaque no mercado.

100% online, aulas ao vivo e gravadas

Próxima turma: De 14 a 17/Dez, das 19hs às 22hs

Inscreva-se agora
Logo Black Friday 2020

Nossos melhores Cursos Executivos ou Programas Internacionais com até 50% off

Quero saber mais

A Uber fechou um contrato de prestação de serviços com o Serviço Federal de Processamento de Dados (Serpro) para trazer mais segurança quanto a identidade dos motoristas no aplicativo. Segundo a Agência Brasil, a Serpro irá validar dados cadastrais dos motoristas e a Uber poderá consultar dados da CNH e do registro e licenciamento de veículos.

A validação dos dados cadastrais será realizada através do serviço “Datavalid”. O sistema irá comparar se a foto enviada pelo motorista ao se cadastrar na Uber é da mesma pessoa que consta na base de dados do Denatran.

Depois, para garantir que o motorista cadastrado é quem está dirigindo o veículo, o aplicativo passará a pedir uma “selfie” toda vez que o usuário entrar na plataforma. A comprovação da identidade será realizada novamente pela Datavalid.

Mas a necessidade de segurança vai além da comprovação de identidade. Além de poder confirmar os dados da Carteira Nacional de Habilitação com o serviço “Denatran Consulta Online”, a Uber também poderá fazer consultas sobre os carros cadastrados na plataforma.

A empresa de corridas por aplicativo terá informações sobre o Certificado de Registro e Licenciamento de Veículo (CRLV). Com os dados, a Uber poderá verificar pendências, sinistros e roubos. Não há prazo para o encerramento do contrato ou informações sobre os valores dos serviços oferecidos pelo Serpro.

A Uber não é a primeira empresa a utilizar a agência estatal para confirmação de dados. Ainda de acordo com a Agência Brasil, a Serpro também é cliente da 99 – conheça outras iniciativas de segurança da startup – e de bancos digitais.