Uber adquire Careem, sua concorrente no Oriente Médio, por US$ 3,1 bilhões

Tainá Freitas

Por Tainá Freitas

26 de março de 2019 às 11:31 - Atualizado há 2 anos

Logo ReStartSe

Inscreva-se para o maior e mais audacioso evento de inovação, tecnologia e transformação digital já feito na América Latina. 30 dias que vão mudar sua visão de mundo, dos seus negócios e da sua carreira.

Online e totalmente gratuito - 01 a 30 de outubro/2020

A Uber adquiriu a Careem, sua concorrente no Oriente Médio. Com a compra, no valor de US$ 3,1 bilhões, a Careem passa a ser uma subsidiária da companhia no Oriente Médio. No entanto, a startup continuará a ser gerida por seus fundadores e manterá sua marca e serviços convencionais.

Atualmente, a empresa do Oriente Médio está presente no Marrocos, Paquistão, Egito, Jordânia, Arábia Saudita, Emirados Árabes, entre outros. Segundo a Careem, o mercado do Oriente Médio é semelhante ao asiático, com mais de 600 milhões de pessoas. A Uber já explorou também o mercado da Ásia ao adquirir a Grab.

Além do serviço de corridas por aplicativo, a Careem também possui soluções de pagamento e delivery. Mudassir Sheikha, presidente-executivo da startup, irá liderar os negócios e se reportará a um conselho com dois representantes da Careem e três funcionários da Uber.

Segundo a startup, os benefícios de ser adquirida pela Uber são os métodos de pagamento mais flexíveis, menor tempo de espera por carros e melhores oportunidades de trabalho para os motoristas.

“Unir forças com a Uber irá nos ajudar a acelerar o propósito da Careem de simplificar e melhorar a vida das pessoas e criar uma organização incrível e inspiradora. As oportunidades de internet e mobilidade são massivas e possuem o potencial de acelerar nossa região para um futuro digital”, disse Sheikha.

Já para a Uber, essa é uma oportunidade de expandir sua influência no Oriente Médio. “Esse é um importante momento para a Uber enquanto continuamos a expandir a força da nossa plataforma ao redor do mundo. Trabalhando perto dos fundadores da Careem, eu estou confiante que iremos entregar soluções excepcionais para os motoristas, passageiros e cidades nessa região acelerada do mundo”, disse Dara Khosrowshahi, presidente-executivo da Uber, no anúncio.