Toyota desenvolverá robôs de assistência em parceria com startup

Isabella Carvalho

Por Isabella Carvalho

12 de agosto de 2019 às 10:41 - Atualizado há 1 ano

Vem aí a melhor formação de líderes do Brasil

Logo Liderança Exponencial Aprenda as novas competências fundamentais para desenvolver uma liderança exponencial e desenvolva diferenciais competitivos para se tornar um profissional de destaque no mercado.

100% online, aulas ao vivo e gravadas

Próxima turma: De 22 a 25/Fev - 2021, das 19hs às 22hs

Inscreva-se agora
Logo Cyber Monday 2020

Só hoje, nossos melhores Cursos Executivos ou Programas Internacionais com até 50% off

Quero saber mais

A Toyota anunciou, na última quarta-feira (7), uma parceria com a Preferred Networks, startup de inteligência artificial com foco em deep learning, para desenvolver robôs que apoiam humanos em tarefas do dia a dia. As empresas trabalharão em pesquisa e desenvolvimento usando o  robô da Toyota Human Support Robot (HSR). 

Criado em 2012, o HSR é projetado para trabalhar ao lado das pessoas e ajudar em tarefas cotidianas. Os principais usos dele envolvem cuidados básicos e apoio à assistência em enfermagem. Equipado com um braço, um monitor, câmeras e uma base de rodas, ele pode coletar itens e fornecer recursos de comunicação.

“Seguindo em frente em direção ao nosso objetivo de desenvolver robôs de serviço que melhor atendam às necessidades de nossos clientes, estamos entusiasmados com a perspectiva de colaborar em pesquisa e desenvolvimento com a PFN, que possui tecnologias de inteligência de classe mundial” disse Nobuhiko Koga, diretor do Centro de Pesquisa Frontier da Toyota, em um comunicado. 

As empresas trabalharão no desenvolvimento de robôs mais inteligentes, capazes de aprender com o ambiente e executar diversas tarefas. Para isso, a Toyota emprestará “várias dúzias” do Human Support Robot para a Preferred Networks. “Nos envolvendo em pesquisa e desenvolvimento junto com a Toyota, esperamos acelerar o desenvolvimento das funções necessárias para robôs trabalharem em ambientes humanos”, disse Toru Nishikawa, CEO da Preferred Networks.