Tesla ultrapassa GM e se torna a montadora mais valiosa dos Estados Unidos

A companhia, que divulgou um lucro líquido acima do esperado para o terceiro trimestre do ano, alcançou um valor de mercado de US$ 53 bilhões

Isabella Carvalho

Por Isabella Carvalho

25 de outubro de 2019 às 12:16 - Atualizado há 4 meses

Tesla

Na última quarta-feira (23), a Tesla divulgou seus resultados do terceiro trimestre do ano. A empresa, que recentemente recebeu uma licença para iniciar a produção de carros elétricos na China, apresentou um lucro líquido inesperado de US$ 143 milhões, ou US$ 0,78 por ação.

Diante disso, nesta quinta-feira, as ações da empresa dispararam 17%. Com o papel negociado a US$ 298, a Tesla alcançou um valor de mercado de US$ 53 bilhões, ultrapassando a General Motors — avaliada em US$ 51 bilhões — e se tornou a montadora mais valiosa dos Estados Unidos. Com a repercussão, ao menos oito corretoras aumentaram seus preços-alvo (potencial de valorização) para as ações da companhia. 

A empresa entregou 97 mil veículos nos últimos três meses, dentro do que era esperado por analistas financeiros. Além disso, nesta semana, a Tesla entregou um relatório para seus investidores, com fotos de sua nova fábrica em Xangai, onde a produção experimental já começou.

Apesar dos bons resultados neste trimestre, ainda há dúvidas sobre as perspectivas da empresa no longo prazo. Em maio deste ano, a Tesla anunciou cortes de gastos que envolvia a revisão de salários, despesas de viagem e aluguel de instalações. Segundo Elon Musk, essa seria a única maneira de tornar a companhia lucrativa

Conheça as duas próximas conferências da StartSe para quem quer redefinir o futuro:
Inteligência Aritificial Conference
Silicon Valley Conference