Tesla supera US$ 100 bilhões em valor de mercado

Tainá Freitas

Por Tainá Freitas

22 de janeiro de 2020 às 18:07 - Atualizado há 4 meses

Logo ReStartSe

GRATUITO, 100% ONLINE E AO VIVO

Inscreva-se para o Maior Programa de Capacitação GRATUITO para empresários, gestores, empreendedores e profissionais que desejam reduzir os impactos da Crise em 2020

A Tesla superou o valor de mercado de US$ 100 bilhões pela primeira vez na história. As ações da companhia de veículos elétricos tiveram alta de mais de 7% na tarde desta quarta-feira (22) e estão sendo negociadas por volta de US$ 618.

O marco é importante para a companhia e principalmente para Elon Musk. O CEO da Tesla poderá receber um grande pagamento caso a montadora mantenha o valor estável por um mês e possuir essa média em seis meses. A remuneração de Elon Musk está atrelada ao sucesso da empresa desde 2018, quando realizou um acordo para atingir diversos objetivos – o valuation de US$ 100 bilhões é apenas o primeiro deles.

No início do mês, no dia 8 de janeiro, a Tesla alcançou cerca de US$ 87 bilhões e ultrapassou o valor de mercado da Ford e General Motors juntas. Hoje a companhia é a montadora mais valiosa dos Estados Unidos.

A alta nas ações da companhia se dá por motivos diversos. O último trimestre de 2019, o melhor da companhia até então, continua ecoando. A companhia produziu mais de 367,5 mil carros nos últimos três meses do ano, quase dobrando a quantidade fabricada em 2018, de 182,4 mil. A tendência é que esse número cresça ainda mais neste ano, a medida que a Tesla comece a produzir veículos em sua fábrica na China, que possui capacidade de montar mil veículos por semana.