Zuckerberg espera uma mudança drástica na forma que você usa o Facebook

Tainá Freitas

Por Tainá Freitas

1 de fevereiro de 2018 às 13:37 - Atualizado há 3 anos

Vem aí a melhor formação de líderes do Brasil

Logo Liderança Exponencial Aprenda as novas competências fundamentais para desenvolver uma liderança exponencial e desenvolva diferenciais competitivos para se tornar um profissional de destaque no mercado.

100% online, aulas ao vivo e gravadas

Próxima turma: De 22 a 25/Fev - 2021, das 19hs às 22hs

Inscreva-se agora
Logo Cyber Monday 2020

Só hoje, nossos melhores Cursos Executivos ou Programas Internacionais com até 50% off

Quero saber mais

Nesta quarta-feira, o Facebook fez uma conferência com o mercado para mostrar os números da empresa no quarto trimestre de 2017. Mas o que realmente surpreendeu não foram os números, mas uma declaração do CEO da empresa, Mark Zuckerberg, que mostra o que ele espera para o futuro. “Nós esperamos que os Stories estão no caminho de superar o News Feed, tornando-se a maneira mais comum na qual pessoas compartilham coisas em todos os aplicativos sociais. Isso porque os Stories são um formato melhor para compartilhar vários pequenos videoclipes durante o dia”.

Hoje, o Facebook também é dono dos aplicativos WhatsApp e Instagram, no qual também estão disponíveis os Stories. Zuckerberg ainda afirmou que o WhatsApp e Instagram são os aplicativos nos quais são mais compartilhados Stories no mundo – o que supera o Snapchat, a rede social que criou e implantou a ferramenta primeiro.

A entrada dos Stories no Instagram trouxe com o tempo diferenças no próprio feed do aplicativo – agora, o algoritmo da rede social permite que fotos antigas sejam vistas, excluindo qualquer ordem cronológica. A mudança parece sugerir que, se o usuário quer ver imagens em tempo real – e que desaparecem em 24h -, deve ir aos Stories. E os usuários estão indo.

Com a mudança de preferência dos usuários do Feed para os Stories, toda a experiência de uso no Facebook deve ser mudada. Algo semelhante já aconteceu quando as pessoas passaram a utilizar mais a rede social no celular – as publicidades que antes eram localizadas no lado direito no desktop agora passaram, principalmente, a serem incorporadas no feed, surgindo como patrocinadas para que sejam facilmente visualizadas no mobile.

A mudança foi necessária e rentável: atualmente, 98% da receita de publicidade do Facebook provém dos anúncios mobile. A alta adoção dos Stories pode representar uma mudança tão significativa quanto essa para a empresa e, novamente, a forma de publicidade na rede social pode ser transformada.

“O crescimento dos Stories terão um impacto em como construímos nossos produtos e pensamos no nosso negócio, inclusive no WhatsApp e Instagram, que são os aplicativos número 1 e 2 no uso de Stories no mundo”, afirmou Zuckerberg na conferência. Devemos esperar grandes mudanças no Facebook.

O Facebook nasceu e está sediado no Vale do Silício, o principal polo de inovação no mundo. Para conhecer as novidades criadas na cidade, participe do Silicon Valley Conference que acontecerá em São Paulo.

(Via Business Insider)

[php snippet=5]