WhatsApp está de volta após justiça acatar pedido do aplicativo

Da Redação

Por Da Redação

3 de Maio de 2016 às 16:02 - Atualizado há 4 anos

Logo ReStartSe

Inscreva-se para o maior e mais audacioso evento de inovação, tecnologia e transformação digital já feito na América Latina. 30 dias que vão mudar sua visão de mundo, dos seus negócios e da sua carreira.

Online e totalmente gratuito - 01 a 30 de outubro/2020

O WhatsApp voltará a funcionar após os advogados do aplicativo obterem uma decisão favorável da Justiça de Sergipe, derrubando o bloqueio que havia começado nesta segunda-feira (2). O aplicativo deveria ficar bloqueado por 72 horas, mas passou apenas 24 horas sem funcionar.

Ele deverá estar no ar assim que as operadoras forem notificadas e ajustarem suas redes, retirando o bloqueio. Vivo, Oi, TIM, Claro e Nextel haviam sido obrigadas a bloquear o aparelho por determinação do juiz Marcel Maia Montalvão, da Vara Criminal de Lagarto, em Sergipe.

Montalvão pedia as informações que o WhatsApp teria de uma quadrilha interestadual que realizava tráfico de drogas. Contudo, o Facebook, empresa dona do WhatsApp, afirmava não ter a informação que era exigida pelo usuário. O criador do aplicativo havia chegado a afirmar que ele não guardava o histórico de mensagens dos usuários.