Você já parou para pensar como será a casa do seu bisneto?

Lista traz as tendências para o design e a funcionalidade das casas do futuro

Avatar

Por Lucas Bicudo

8 de março de 2016 às 13:55 - Atualizado há 4 anos

O modelo de casas como vemos hoje provavelmente sempre existirá, mas que existirá uma mudança no conceito de moradias nos próximos anos, existirá. À medida que as cidades e o estilo de vida das pessoas crescem e mudam, suas casas acompanharão a tendência e terão novas formas e funcionalidades.

O site TechInsider montou uma lista com essas possibilidades e você confere aqui agora:

A Ecocapsule é uma das inúmeras opções para casas pequenas e autossustentáveis.

the-ecocapsule-which-costs-87000-has-a-unique-egg-shape-to-minimize-heat-loss-and-capture-rain-water-that-is-filtered-in-a-water-tank were-already-starting-to-see-many-options-for-tiny-homes-like-the-ecocapsule-that-is-meant-to-support-you-living-entirely-off-the-grid

O pod é ligado através de energia solar e eólica e, caso ambas as alternativas enérgicas te deixem na mão, ainda existe uma bateria capaz de manter a eletricidade ativa por quatro dias. A Ecocapsule custa US$ 87 mil e possui um formato oval, de maneira que seja capaz de evitar o máximo de perda de calor interno e da possibilidade de filtrar a água da chuva para consumo próprio, através de um tanque acoplado que a transforma em potável.

Se a ideia de morar em uma capsula – e ainda mais com um formato oval – o aflige, tente o ALPOD

a-bathroom-and-kitchen-are-pre-installed-but-the-rest-of-the-space-can-be-divided-in-whatever-way-you-want but-if-thats-too-small-for-your-liking-you-can-try-the-alpod--a-small-mobile-home-made-out-of-aluminum

Com um banheiro e uma cozinha já instalados, a casa feita inteiramente de alumínio pode ser modificada conforme o gosto de quem a comanda. Possui aberturas para o céu e portas de correr, a fim de envolver o local com bastante luz natural e ar ambiente. A partir desse ano já começarão ser comercializadas.

Estudantes de Harvard desenvolveram verdadeiros refúgios sustentáveis

harvard-students-actually-designed-tiny-homes-for-future-getaways-but-we-wouldnt-be-surprised-if-these-innovative-designs-were-used-for-more-long-term-purposes-some-day solar-panels-are-installed-on-some-homes-to-provide-electricity-and-power-the-electric-toilet

Essas casinhas, de design inovador e completamente mimetizado à paisagem, são munidas de painéis solares, capazes de prover eletricidade, e serve como um verdadeiro refúgio da realidade. Entretanto, não é difícil de se imaginar elas sendo utilizadas em relações de longo prazo, como moradias permanentes, uma vez que sua praticidade, tanto em funcionalidade, quanto em tamanho, são bem atraentes para quem quer viver simples. Você pode alugar uma dessas em Massachusetts pela bagatela de US$ 99 pernoite.

A tendência é que casas modulares tomem cada vez mais conta do futuro

modular-homes-are-only-going-to-become-more-popular the-popup-house-costs-between-1200-and-1900-not-including-the-cost-of-the-construction-team-that-comes-to-put-it-together

As PopUp Houses custam entre US$ 1.200 e US$ 1.900, sem incluir a taxa de serviço do time de construção, que vem para montá-las. É uma ótima alternativa, uma vez que podem ser montadas num curto período de tempo (aproximadamente quatro dias), além de poderem ser remanejadas como o proprietário bem entender e com mais praticidade do que nunca.

Existe a tendência de pessoas morarem em microapartamentos, à medida que teremos que lidar com a superpopulação

the-carmel-place-apartments-utilize-space-fairly-efficiently-and-come-with-a-kitchen-a-desk-that-turns-into-a-10-seat-dining-table-and-a-bed-that-turns-into-a-sofa

Os primeiros microapartamentos de Nova York serão inaugurados em Novembro. Os apartamentos de Carmel Place estão em Kips Bay e medem aproximadamente 35 m². A tendência é que esse tipo de moradia seja o mais eficiente possível e bem disposta em um lugar que não possui muito espaço. Vem com cozinha, uma escrivaninha que pode se tornar uma mesa de jantar para até 10 pessoas e uma cama que se transforma em sofá.

Mas nem todos os microapartamentos possuem esse glamour. Veremos mais desses por aí, devido ao crescimento populacional quase que desenfreado em alguns lugares do mundo. Há de se lembrar que o novo molde de moradia provavelmente atenderá todos os tipos de mazelas, indo desde o exemplo citado acima, como esse que o segue. Esse microapartamento possui apenas 2.5 m². 

but-not-all-microapartments-are-designed-to-be-so-chic--here-we-see-one-that-has-only-27-square-feet-of-living-space microapartment-living-can-certainly-be-tough

De acordo com a visão de Ian Pearson para o futuro das cidades, à medida que os prédios cresçam, será possível criar todo um mecanismo e ambiente para a vida interna e autossustentável.

we-might-have-thousands-of-people-living-in-a-single-building-as-a-self-contained-city-pearson-said our-ability-to-create-taller-buildings-means-we-will-have-massive-space-ports-that-will-decrease-travel-time-to-the-galaxy

Muitos artigos já foram escritos prevendo o modelo de cidade que teremos no futuro, mas recentemente a Samsung divulgou um, chamado “Smart Things Future of Living Report”, que surpreende e mostra de maneira mais detalhada como a paisagem das cidades serão alteradas ao longo do próximo século.

Estamos falando de uma infraestrutura nunca vista antes, capaz de servir como uma pequena cidade individual. Talvez essa seja outra “solução” para questões de superpopulação.

Mas se o seu negócio não é altura, você pode optar em ir para baixo

there-will-be-underwater-hotels-and-tourist-attractionsbut-if-heights-arent-your-thing-you-could-live-underground

Ainda segundo o artigo publicado pela Samsung, não só a expansão para os céus ocorrerá. É muito viável que acabemos por construir em baixo da terra, ou até mesmo começar a pensar em cidades no fundo do mar. Essas comunidades seriam abastecidas via ondas e painéis solares.

E se podemos apontar tudo isso, por que não acreditar que colônias espaciais não estão tão distantes assim?

perhaps-even-space-colonies-are-not-too-far-off