Uma tecnologia que vai transformar o mundo vai chegar antes do esperado

Da Redação

Por Da Redação

18 de julho de 2017 às 12:11 - Atualizado há 3 anos

Logo ReStartSe

Inscreva-se para o maior e mais audacioso evento de inovação, tecnologia e transformação digital já feito na América Latina. 30 dias que vão mudar sua visão de mundo, dos seus negócios e da sua carreira.

Online e totalmente gratuito - 01 a 30 de outubro/2020

Você que mal conseguiu uma rede 4G no seu celular, deverá ver a próxima tecnologia chegar daqui a pouquíssimo tempo. De acordo com o CEO da Qualcomm, Steve Mollenkopf, a tecnologia deverá estar disponível daqui dois anos – antes do que se esperava anteriormente, com estimativas que chegavam até 5 anos para o amadurecimento desta tecnologia.

Ela é muito mais rápida que o que temos hoje: a velocidade estimada deverá ser de 400 Mbps, ou até melhor. E em “algumas áreas” e com técnicas específicas, a velocidade pode chegar a até 1 Gbps. É um “upgrade” muito grande frente ao que o 4G entrega: aqui no Brasil, a velocidade tende a ser de 9 a 15 Mbps (diferença entre a pior e a melhor operadora), significantemente mais devagar que o 5G. Mesmo em Singapura, país do melhor 4G do mundo, a velocidade média é de 37 Mbps.

A tendência é que a tecnologia amadureça nos próximos anos e transforme a forma que você consome mídia no celular. Afinal, vai ser super rápido conseguir assistir um vídeo – e é isso que vem puxando a tecnologia, cujo ritmo de desenvolvimento vai crescendo nos últimos anos. “As pessoas estão nos puxando mais rápido para o 5G”, afirmou o CEO em uma conferência nos Estados Unidos.

Não é só para celulares

Contudo, a grande aplicação do 5G talvez não seja para celulares.

Uma rede potente assim é boa para aplicações mais complexas, principalmente no campo da Internet das Coisas – pense quantos dados um carro vai poder gerar e transmitir em alta velocidade, por exemplo. É o 5G que permitirá uma transformação de vários gadgets que estão no seu dia a dia. Carros autônomos e sensores que monitoram todos os aspectos da sua vida, .

E isso abrirá diversos novos caminhos para os empreendedores: todos os setores terão seus gadgets conectados à internet das coisas gerando dados e melhorando as experiências.Será um setor tão grande que a estimativa é que gera até US$ 12 trilhões em pouquíssimos anos – com diversas grandes empresas já muito interessadas em atuar no segmento. É a maior oportunidade desde a… internet.

É um mercado riquíssimo para sua atuação: as oportunidades serão imensas e teremos várias empresas que se tornarão gigantes. Criamos um ebook para ajudar os leitores do StartSe a montar um negócio campeão, dê uma olhada e baixe gratuitamente.

Faça parte do maior conector do ecossistema de startups brasileiro! Não deixe de entrar no grupo de discussão do StartSe no Facebook e de inscrever-se na nossa newsletter para receber o melhor de nosso conteúdo! E se você tem interesse em anunciar aqui no StartSe, baixe nosso mídia kit.

[php snippet=5]