Uber investirá US$ 150 milhões em país destaque em I.A para criar carros autônomos

O investimento será realizado em cinco anos no Canadá, país que está se tornando um hub reconhecido de inteligência artificial

Tainá Freitas

Por Tainá Freitas

13 de setembro de 2018 às 15:46 - Atualizado há 1 ano

A Uber investirá mais de US$ 150 milhões em pesquisa para carros autônomos na cidade de Toronto, no Canadá. O investimento será realizado ao longo de 5 anos e inclui a abertura de um hub de engenharia na cidade, já no início de 2019.

O investimento marca a maior (e crescente) atuação da Uber no Canadá. Em 2017, a empresa criou um time de inteligência artificial em Toronto. Agora, com o investimento, a companhia irá expandir o Advanced Technologies Group, sua unidade de desenvolvimento de carros autônomos. Junto aos serviços de corrida por aplicativo e de delivery, a Uber afirma que deverá ter mais de 500 colaboradores na cidade nos próximos anos.

“Nós reconhecemos o comprometimento do Canadá com inovação e a vibração do ecossistema tecnológico de Toronto”, disse Dara Khosrowshahi, CEO da Uber. “Nós queremos apoiar a inovação que está se desenvolvendo nessa ótima e diversa região”. O centro de desenvolvimento da Uber na cidade será o primeiro hub de carros autônomos fora dos Estados Unidos e o oitavo escritório de engenharia fora do país, segundo a Bloomberg.

O hub tecnológico no Canadá

O setor de tecnologia de Toronto está em ascensão – ainda segundo a Bloomberg, no ano passado, a cidade criou mais empregos do que São Francisco, Seattle e Washington juntos. Hoje, a cidade está se tornando referência em inteligência artificial – além da Uber, o Google investiu em um laboratório da cidade nesse segmento, o Vector Institute.

Outras empresas também estão aumentando sua atuação no país: a Amazon anunciou que irá expandir seu hub tecnológico em Vancouver para uma nova sede, que irá somar mais 3 mil vagas de empregos no país. Atualmente, a Amazon conta com mais de 6 mil colaboradores no Canadá. A novidade foi anunciada por Justin Trudeau, primeiro ministro o país. “Nossas cidades vibrantes, que são lar de alguns dos melhores talentos do mundo, está prontas para atrair investimentos de alto nível para criar os trabalhos de amanhã”, afirmou.

A Samsung também é outro exemplo de empresa que está fincando os pés no Canadá. A empresa anunciou, em maio deste ano, a abertura de um hub de inteligência artificial em Toronto. “A região metropolitana de Toronto é o epicentro de machine learning e um dos hubs mais importantes de pesquisa em inteligência artificial e desenvolvimento. É casa não apenas de talentos mundiais, mas também de algumas das mais inovadoras startups de inteligência artificial”, comentou Dr. Larry Heck, vice-presidente sênior da Samsung que liderará o centro de desenvolvimento.