“Existe um mundo maravilhoso e novo para nós, advogados, trabalharmos”

Avatar

Por Isabela Borrelli

10 de outubro de 2017 às 12:04 - Atualizado há 3 anos

Logo ReStartSe

GRATUITO, 100% ONLINE E AO VIVO

Inscreva-se para o Maior Programa de Capacitação GRATUITO para empresários, gestores, empreendedores e profissionais que desejam reduzir os impactos da Crise em 2020

O escritório TozziniFreire nem sempre teve um programa próximo com startups. A mudança ocorreu aos poucos quando seus sócios, dentre eles Rodrigo de Campos Vieira, começaram a perceber que o mundo do empreendedorismo poderia ter mais valor do que pensavam. Em palestra no LawTech Conference sobre o futuro da advocacia, Campos contou como ocorreu essa aproximação.

“A gente começou a ver quantas operações estavam ocorrendo, com valuations altíssimos, de empresas que há pouco tempo eram startups. Nos perguntamos quem eram os escritórios que ajudaram elas quando eram startups”, revelou o advogado. Essa questão inicial despertou interesse no escritório, que começou a ir atrás de saber se entrar no ecossistema realmente valia a pena.

Foi por meio de pesquisas e conversas que eles perceberam não só o potencial das startups, mas como ajudaram-nos a compreender que elas são o futuro. Não só pela tecnologia e inovações, mas pela nova geração que está vindo: “Os millenials têm outra mentalidade, eles querem o coletivo, priorizam o ser ao invés do ter, não querem hierarquia”, afirmou ele.

A partir dessa conscientização, a decisão foi tomada: o escritório apostaria em um programa voltado para startups. Como essas empresas não teriam como pagar por hora, foram pensadas outras formas de cobrar, chamadas por Campos de alternative fee arrangements, como uma forma de fazer o negócio funcionar para ambos os lados.

Para selecionar as startups com as quais iriam trabalhar, o escritório se uniu à Ace, aceleradora de startups, que ajudou na seleção e também prestou assistência sobre o assunto. Essa não foi a única iniciativa do sócio, que decidiu visitar o maior polo de inovação do mundo: “Fomos para o Vale do Silício com a StartSe para ver como funcionava as inovações lá. Algo que me chamou atenção foi uma aceleradora que visitamos, que além de contar com as startups lado a lado, também tinha uma parte jurídica que prestava assistência para elas”.

Tem interesse em ir para o Vale do Silício? Participe da Learning Experience e vá para o maior polo de inovação do mundo com a StartSe.

Com a ajuda da Ace e a inspiração do Vale do Silício, o programa de startups foi posto em prática. Assim, além de apostar em chamar advogados mais abertos, o escritório investiu em uma linguagem mais aberta e direta, organizando meetups para promover discussões sobre temas atuais.

Segundo Campos, as vantagens dessas mudanças foram várias: “Os advogados começaram a interagir mais com equipes diferentes, resultando em novas ideias e mais contato, os sócios se engajaram e se aproximaram das gerações mais novas”.

Participe do maior censo de startups do Brasil! Não deixe de entrar no grupo de discussão do StartSe no Facebook e de inscrever-se na nossa newsletter para receber o melhor de nosso conteúdo!

E caso você tenha interesse em patrocinar eventos da StartSe, envie um e-mail para patrocinio@startse.com.br

[php snippet=5]