Tesla não bate a produção esperada de carros em 2017 e muda meta nesse ano

Tainá Freitas

Por Tainá Freitas

4 de janeiro de 2018 às 11:42 - Atualizado há 3 anos

Logo ReStartSe

Inscreva-se para o maior e mais audacioso evento de inovação, tecnologia e transformação digital já feito na América Latina. 30 dias que vão mudar sua visão de mundo, dos seus negócios e da sua carreira.

Online e totalmente gratuito - 01 a 30 de outubro/2020

Em julho de 2017, o CEO da Tesla, Elon Musk, afirmou algo surpreendente em seu Twitter: a Tesla poderia produzir 20 mil carros Model 3 por mês em dezembro. Mas a realidade foi outra e a empresa produziu apenas 1.550 carros elétricos Model 3 nos últimos três meses do ano.

Wall Street esperava pelo menos 2,917 carros produzidos. Para a empresa, a diferença dos carros não-produzidos se deve à temporada de feriados de dezembro e a alta produção nos últimos sete dias do trimestre, onde foram produzidos 793 Model 3. E, nos últimos dias, a empresa afirma ter atingido uma produção que ultrapassa mil Model 3s por semana.

Outro problema enfrentado pela Tesla na produção do Model 3 foi o atraso na produção de baterias para os carros em novembro. Na época, Musk afirmou que estava “acampando fora da fábrica” e trabalhando dia e noite para resolver o problema.

O preço mínimo do Model 3 vendido pela Tesla é de US$ 35 mil, valor que muda de acordo com as funcionalidades de cada carro. Apesar do preço salgado para os Estados Unidos, o Model 3 se assemelha a um sedan de luxo e é o primeiro carro “popular” da empresa.

A Tesla divulgou que fabricou 24.565 veículos em 2017, sendo 2.425 Model 3.

Mudança de meta

Perante aos resultados de 2017, a Tesla divulgou que produzirá 2.500 veículos Model 3 por semana no final do primeiro trimestre. Para o final do segundo trimestre do ano, é esperado que a produção chegue a 5 mil carros Model 3 por semana.

“Como continuamos a focar em qualidade e eficiência ao invés de simplesmente produzir o máximo de volume em um curto período de tempo, nós esperamos ter uma produção mais gradual no primeiro trimestre”, afirmou a empresa em um comunicado.

Apesar dos problemas enfrentados na produção dos carros pela empresa, a Tesla é uma das empresas responsáveis pela inovação dos carros elétricos e autônomos. Esses carros possuem o potencial de mudar completamente o mundo e a forma como nos transportamos. Para entender as mudanças que o mundo está passando no momento, preparamos o evento 2018 – A Revolução da Nova Economia. Conheça a programação e não deixe de ir.