Tanto se fala em Tesla, você conhece o trabalho do Google em carros autônomos?

Avatar

Por Lucas Bicudo

27 de julho de 2016 às 10:12 - Atualizado há 4 anos

Vem aí a melhor formação de líderes do Brasil

Logo Liderança Exponencial Aprenda as novas competências fundamentais para desenvolver uma liderança exponencial e desenvolva diferenciais competitivos para se tornar um profissional de destaque no mercado.

100% online, aulas ao vivo e gravadas

Próxima turma: De 14 a 17/Dez, das 19hs às 22hs

Inscreva-se agora
Logo Black Friday 2020

Nossos melhores Cursos Executivos ou Programas Internacionais com até 50% off

Quero saber mais

O Google tem trabalhado em seus carros autônomos desde 2009. Com mais de 1.7 milhão de milhas percorridas, esses veículos – com bons argumentos – estão na frente da corrida pela liderança desse mercado, que cada vez mais cresce com os esforços de companhias como Tesla, por exemplo.

O projeto de carros autônomos funciona sob a chancela do Google X, o laboratório de moonshots – as apostas radicais do Google, capazes de mudar o mundo – que faz parte da Alphabet. A primeira vez que ele foi rodado foi por Sebastian Thrun, que fundou o Google X, fazendo testes em um Toyota Prius com a tecnologia de piloto automático.

Após completar 300 mil milhas de teste, o Google deu o próximo passo e começou a testar seu sistema em SUVs Lexus nas estradas e ruas de cidades em 2012. Em 2014, foi lançado o primeiro protótipo de carros sem motoristas, apelidado de “Coala Car”. O modelo não tem volante ou pedais, já que é completamente autônomo.

Esses carros estão munidos de uma tecnologia chamada LiDAR, que permite que eles sejam capazes de enxergar as estradas através de lasers que mapeiam os arredores. Além desse sensor, existem outros que ajudam o carro a detectar pedestres, ciclistas e outros veículos.

Eles funcionam através de um software que prevê o movimento de objetos ao seu redor, como uma pessoa atravessando a rua. O carro automaticamente irá ajustar a velocidade e trajetória para navegar de maneira segura. O Google também está mapeando rotas de um jeito que esses carros possam entender padrões de trânsito e áreas de congestionamento em cidades.

Ao término do último mês de junho, a gigante da tecnologia já contava com uma respeitável frota de carros autônomos, com 34 Coalas e 24 Lexus nas ruas de Kirkland, Whasington; Mountian View, California; Phoenix, Arizona; e Austin, Texas.

Os carros autônomos do Google se envolveram em poucos acidentes, sendo apenas um deles talvez o responsável. A companhia está de olho nisso e constantemente investindo em melhorias para torna-los mais seguros – recentemente patenteou uma tecnologia que te prende no lugar em caso de acidentes.

Além de entraves tecnológicos, hoje o Google se depara em processos para regulamentar que esses carros possam andar livremente por todo o mundo.

(via Business Insider)

Mensagem do Editor
Ei, tudo bom?
Gostaria de agradecer pela visita! Meu nome é Felipe Moreno, sou editor-chefe do StartSe e, como muito de vocês, dono de uma (minúscula) startup de mídia.
E vou te fazer um pequeno convite: vamos bater um papo! É só se cadastrar aqui embaixo e eu vou te enviar alguns e-mails para você com o melhor do nosso conteúdo para te ajudar, seja você um empreendedor, funcionário, investidor ou apenas interessado neste maravilhoso mundo!
É um caminho de comunicação direto que nenhum outro portal oferece para seus leitores. E a intenção é construir uma comunidade vibrante que esteja preparada para todos os enormes desafios que virão. Vamos construir conhecimento e conteúdo juntos! Conto muito com a presença de vocês neste papo!
[php snippet=5]
E não é só isso! Você tem alguma sugestão de pauta? Quer conversar sobre sua startup? Assessora alguma empresa? Tem alguma dica que pode ajudar outros leitores? Quer ter a SUA matéria publicada no site?
O StartSe quer ouvir de VOCÊ, nosso leitor, o que precisamos fazer para melhorar cada vez mais o site! Deixamos o form abaixo para você, mas se quiser, basta mandar um e-mail para redacao@startse.com.br!
 [contact_bank form_id=3]