Startup compra banco para acelerar sua operação

Da Redação

Por Da Redação

7 de agosto de 2017 às 14:46 - Atualizado há 3 anos

Vem aí a melhor formação de líderes do Brasil

Logo Liderança Exponencial Aprenda as novas competências fundamentais para desenvolver uma liderança exponencial e desenvolva diferenciais competitivos para se tornar um profissional de destaque no mercado.

100% online, aulas ao vivo e gravadas

Próxima turma: De 22 a 25/Fev - 2021, das 19hs às 22hs

Inscreva-se agora
Logo Cyber Monday 2020

Só hoje, nossos melhores Cursos Executivos ou Programas Internacionais com até 50% off

Quero saber mais

A startup britânica Tandem comprou o Harrods Bank, o braço bancário da loja de departamento Harrods. Com isso, a Tandem acelera seus planos de se tornar um banco 100% digital no Reino Unido – uma corrida entre várias startups do local.

A aquisição, que não teve seus valores abertos, vai levar £ 80 milhões de capital para a Tandem, além de uma carteira de crédito de £ 200 milhões e £ 300 milhões em depósitos. Embora grande, o Harrods Bank não era uma operação rentável para a varejista – com perdas de £ 8,4 milhões no último ano.

A Tandem certamente precisava desta aquisição para acelerar suas operações, já que havia perdido sua licença bancária um ano antes após não conseguir captar dinheiro a tempo para mostrar para as autoridades que estava solvente – a companhia também teve que demitir um terço de seus funcionários na época.

Agora, com o banco da Harrods, caminho livre. A companhia quer se tornar um neobank – um banco completamente digital – e deverá lançar seus produtos (uma conta corrente e um cartão de crédito) neste ano. O interessante notar é que no Brasil, já temos diversas startups provendo esses serviços.

Vou ressaltar só duas: o Banco Neon e o Nubank. O primeiro é um banco completamente digital, enquanto o segundo emite um cartão de crédito sem anuidade, com um excelente plano de fidelidade. Ambos estarão conosco na maior feira de fintechs do Brasil! Não deixe de conferir.