Spotify está trabalhando para lançar produtos físicos

Tainá Freitas

Por Tainá Freitas

20 de fevereiro de 2018 às 16:08 - Atualizado há 3 anos

Logo ReStartSe

Inscreva-se para o maior e mais audacioso evento de inovação, tecnologia e transformação digital já feito na América Latina. 30 dias que vão mudar sua visão de mundo, dos seus negócios e da sua carreira.

Online e totalmente gratuito - 01 a 30 de outubro/2020

Por ser um streaming de música, o Spotify nasceu como um produto online. Mas a barreira entre o mundo real e o virtual poderá ser alcançada pela empresa em breve, pois o Spotify está planejando produtos físicos.

A dica dos próximos passos da empresa veio de um anúncio de emprego no próprio Spotify. O serviço de streaming está contratando um Operation Manager para hardware de produtos. A primeira linha de descrição da vaga diz: “Spotify está no caminho para criar seus primeiros produtos físicos, organizando uma operação para fabricação, suprimentos, vendas e marketing”.

Na descrição desta vaga não há mais informações sobre qual o tipo de produto será, ou quando será lançado. Mas uma vaga anunciada no ano passado pode também ter trazido uma dica: a vaga de Senior Product Manager – Hardware informava que o colaborador “irá liderar uma iniciativa de entregar hardware diretamente do Spotify para nossos consumidores já existentes e novos; uma categoria de produtos definidas como o Pebble Watch, Amazon Echo e Snap Spectacles”.

As três empresas citadas no anúncio do Spotify são empresas de tecnologia que criaram seus produtos físicos. A Pebble criou o Watch, um smartwatch; a Amazon criou o Echo, um smart speaker que utiliza a inteligência artificial para prestar assistência aos usuários através de voz (e que, vale destacar, também possui a função de caixa de som). Para saber como a inteligência artificial já está impactando como tecnologia neste ano, leia o nosso e-book gratuito de tendências para 2018. Já o Spectacles é um óculos criado pelo Snapchat no qual é possível gravar Snaps em “primeira pessoa” e postá-los na rede social.

Apesar da empresa não ter revelado – ainda – os detalhes do próximo produto, uma coisa é certa: devemos esperar um produto que revoluciona a experiência de ouvir música, tal como a empresa fez ao surgir como um streaming na época em que os CDs caíram em desuso e os downloads cresciam, trazendo uma nova opção para os ouvintes.

[php snippet=5]