Spotify anuncia novidades na versão gratuita do aplicativo

Avatar

Por Isabella Câmara

24 de abril de 2018 às 15:29 - Atualizado há 2 anos

Logo ReStartSe

Inscreva-se para o maior e mais audacioso evento de inovação, tecnologia e transformação digital já feito na América Latina. 30 dias que vão mudar sua visão de mundo, dos seus negócios e da sua carreira.

Online e totalmente gratuito - 01 a 30 de outubro/2020

Nesta terça-feira (24), o Spotify anunciou algumas mudanças no aplicativo de usuários que utilizam a modalidade gratuita do serviço de streaming musical. Segundo o diretor de P&D da empresa, Gustav Söderström, agora os usuários poderão escolher ouvir on-demand qualquer música que quiserem e quantas vezes quiserem, em playlists determinadas.

Com a nova versão, os usuários da versão gratuita terão acesso a cerca de 750 faixas para ouvir sob demanda, podendo escolher a música desejada entre as opções. Atualmente, só é possível ouvir uma playlist em modo aleatório e com um número limitado para pular faixas. As faixas, de acordo com a empresa, serão incluídas em 15 listas de descoberta personalizadas, como Daily Mix, Discover Weekly, Release Radar ou Today’s Top.

O Spotify também fará recomendações com base nas listas de reprodução existentes criadas pelo usuário – desde as músicas até o nome da lista em si. Além disso, essas listas de reprodução também serão personalizadas com base em playlists de outros usuários. Para facilitar a recomendação de músicas, o streaming musical vai passar a perguntar quais são os artistas preferidos de um usuário assim que ele acessar o aplicativo pela primeira vez. Ou seja, com todos esses dados, o Spotify conseguirá recomendar música semelhantes sempre que alguém adicionar uma faixa ao aplicativo.

A reprodução em modo offline ainda não foi liberada para a versão gratuita. Porém, o Spotify também anunciou um modo de economia de dados que reduz o consumo de internet em até 75%. Com o novo sistema, que armazena música em tempo real via 3G, os usuários podem ouvir muito mais faixas sem consumir tanto do seu pacote de internet.

As mudanças na versão gratuita buscam atrair mais pessoas para a modalidade sem anúncios – uma vez que as propagandas ainda serão vinculadas para os usuários não pagantes. De acordo com o streaming musical, tudo isso faz parte da estratégia da empresa de converter usuários que não pagam em premium. E parece que essa estratégia tem dado resultado. Segundo a empresa, 60% dos assinantes atuais vieram da versão gratuita do serviço. Hoje, o Spotify tem 90 milhões de usuários na versão gratuita e cerca de 70 milhões de assinantes pagos.

De acordo com a empresa, todos os usuários da versão móvel, tanto de iOS quanto de Android, terão acesso à nova versão nas próximas semanas.

Há cinco anos, o Spotify era um novato no serviço de streaming de música e agora é a plataforma dominante no setor. Por trazer um novo modelo de negócio para o mercado musical, o Spotify é hoje um dos principais ativos da Nova Economia – saiba mais sobre a Nova Economia no nosso e-book gratuito.

[php snippet=5]

(Via: TechCrunch)