Quer assistir a um filme que acabou de sair no cinema no conforto de casa?

Screening Room é uma startup que quer possibilitar que você assista, assim que lançado nos cinemas, quaisquer filmes em cartaz diretamente do conforto de sua casa

Avatar

Por Lucas Bicudo

10 de março de 2016 às 17:47 - Atualizado há 4 anos

Primeiro foi a indústria da música com o Napster. Depois nossas vidas, ao ajudar Mark Zuckerberg com o Facebook. Agora, a nova empreitada de Sean Parker é tornar possível assistir filmes que estão nos cinemas em sua própria televisão simultaneamente.

A Screening Room, companhia fundada por Parker e Prem Akkaraju, está fazendo conversando com estúdios de Hollywood para criar o serviço que permite o streaming de filmes que estão no cinema diretamente no conforto de sua casa, pelo preço de US$ 50 o aluguel avulso (válido por 48 horas) e US$ 150 pelo decodificador.

À medida que as vendas de DVDs continuam a despencar, os estúdios estão abertos para quaisquer ideias que os possam gerar novas receitas. De acordo com o Variety, Universal, Fox e Sony já demonstraram interesse na nova plataforma. A Disney teria recusado. A Screening Room ainda se compromete em dividir 20% da receita total com seus distribuidores.

Mesmo que a startup tenha surgido com uma ideia que intrigue tanto os distribuidores, quanto os consumidores, ainda há alguns percalços no caminho da consolidação desse novo modelo de negócios. Um deles é se seu público estará disposto a gastar US$ 50 para assistir o próximo filme da Marvel ou da Disney na tela de sua casa, enquanto pode gastar relativamente menos e ter a experiência nos cinemas. Contudo, para grandes grupos, isso pode fazer sentido (e sucesso).