Programa abre inscrições para projetos que tenham soluções em alimentos

Avatar

Por Lucas Bicudo

26 de agosto de 2016 às 11:43 - Atualizado há 4 anos

Logo Black Friday 2020

Nossos melhores Cursos Executivos ou Programas Internacionais com até 50% off

Quero saber mais

Vem aí a melhor formação de líderes do Brasil

Logo Liderança Exponencial Aprenda as novas competências fundamentais para desenvolver uma liderança exponencial e desenvolva diferenciais competitivos para se tornar um profissional de destaque no mercado.

100% online, aulas ao vivo e gravadas

Próxima turma: De 14 a 17/Dez, das 19hs às 22hs

Inscreva-se agora

Cietec (Centro de Inovação, Empreendedorismo e Tecnologia), começou a busca por startups e pesquisas inovadoras relacionadas à cadeia de alimentos. Com o Programa EAT, a intenção é incentivar projetos que tenham soluções para tecnologia de alimentos, voltadas a toda a cadeia de produção nas áreas de agricultura, logística, indústria alimentícia, varejo, consumo e pós-consumo.

Inaugurado em abril de 1998, o centro tem como missão incentivar o empreendedorismo e a inovação tecnológica, apoiando a criação, fortalecimento e a consolidação de empresas e empreendimentos inovadores de base tecnológica. Em suas unidades de negócio, São Paulo e Mogi das Cruzes, são conduzidos processos de incubação de empresas em diferentes níveis de maturidade.

Nesses processos, o Cietec oferece serviços de apoio nas áreas de gestão tecnológica, empresarial e mercadológica, além de infraestrutura física para a instalação e operação dessas empresas. O objetivo é promover a inovação aberta, encontrando tecnologias e empreendimentos que visem ao desenvolvimento sustentável e tenham impacto positivo para todo o mercado.

O Programa EAT não é voltado para empresas que estão interessadas apenas em investidores, anjos ou doações, mas sim startups com vontade de unir expertises e que tenham potencial e capacidade de atender grandes mercados promissores para as cadeias de inovação na produção de alimentos.

“A escolha da cadeia de alimentos tem explicação pela vocação agrícola do país e as chances de disrupção na área”, explica Sergio Risola, diretor-executivo do centro de inovação. “O Cietec trabalhará junto ao parceiro com sua expertise de originar e avaliar negócios inovadores”, completa o executivo.

A inscrição deve ser realizada pelo site, no qual deve ser feito um cadastro com resumo das ideias, ou um vídeo pitch de até um minuto sobre o projeto dos candidatos. A aplicação no processo seletivo é gratuita e podem se inscrever startups e pesquisadores de todo o Brasil, desde que tenham disponibilidade de se estabelecerem em São Paulo durante o período de avaliação e incubação.

Estão aptos a se inscrever no programa startups em fase de aceleração, empreendedores e também pesquisadores que tenham foco em soluções químicas para cadeia de alimentos. Os selecionados pelo Cietec poderão ser analisados tanto para investimento, como para sinergia de negócios ou transferência de tecnologia.

Ademais, a área de alimentos sugere um desafio real para o futuro: otimizar a relação entre produção, desperdício e crescimento mundial da população. Para enfrentar esse problema, a tecnologia será essencial, podendo ser aplicada de diversas formas, como reciclagem de embalagens, reaproveitamento de sobras de alimentos, novos utensílios, uso de resíduos como matéria-prima para novas aplicações ou geração de energia.

Risola destaca que toda a cadeia – da produção, manuseio e transporte, comercialização, consumo e pós-consumo até a gestão de resíduos – sempre deve estar aliada à eficiência energética, redução do consumo de água e redução das emissões de gases de efeito estufa.

Mensagem do Editor
Ei, tudo bom?
Gostaria de agradecer pela visita! Meu nome é Felipe Moreno, sou editor-chefe do StartSe e, como muito de vocês, dono de uma (minúscula) startup de mídia.
E vou te fazer um pequeno convite: vamos bater um papo! É só se cadastrar aqui embaixo e eu vou te enviar alguns e-mails para você com o melhor do nosso conteúdo para te ajudar, seja você um empreendedor, funcionário, investidor ou apenas interessado neste maravilhoso mundo!
É um caminho de comunicação direto que nenhum outro portal oferece para seus leitores. E a intenção é construir uma comunidade vibrante que esteja preparada para todos os enormes desafios que virão. Vamos construir conhecimento e conteúdo juntos! Conto muito com a presença de vocês neste papo!
[php snippet=5]
E não é só isso! Você tem alguma sugestão de pauta? Quer conversar sobre sua startup? Assessora alguma empresa? Tem alguma dica que pode ajudar outros leitores? Quer ter a SUA matéria publicada no site?
O StartSe quer ouvir de VOCÊ, nosso leitor, o que precisamos fazer para melhorar cada vez mais o site! Deixamos o form abaixo para você, mas se quiser, basta mandar um e-mail para redacao@startse.com.br!
 [contact_bank form_id=3]
[php snippet=9]
E por último, não esqueçam de entrar no grupo de discussão do StartSe no Facebook! Lá poderemos debater tecnologia, inovação, startups, empreendedorismo e criar um ambiente saudável de troca de opiniões e networking!