Passa mais tempo procurando do que assistindo? O Netflix tem a solução!

Avatar

Por Lucas Bicudo

24 de fevereiro de 2016 às 17:49 - Atualizado há 5 anos

Logo ReStartSe

Inscreva-se para o maior e mais audacioso evento de inovação, tecnologia e transformação digital já feito na América Latina. 30 dias que vão mudar sua visão de mundo, dos seus negócios e da sua carreira.

Online e totalmente gratuito - 01 a 30 de outubro/2020

É comum escutar de usuários do Netflix que eles normalmente gastam mais tempo procurando algo para assistir do que assistindo algo de fato. E engana-se quem pensa que a companhia não está acompanhando a situação e criando alternativas para estimular a visualização de novos conteúdos em seu catálogo.

Em conversa com o site Business Insider, no Mobile World Congress, representantes exibiram o projeto da empresa para corrigir esse “probleminha”, que insiste em não sair da boca do povo. A ideia é simples: se você ficar por alguns segundos com seu cursor em cima de um determinado título, automaticamente irá começar a rodar um trailer do mesmo.

Joris Evers, vice presidente de comunicações do Netflix na Europa, explicou que a companhia quer replicar a clássica experiência que se tem ao assistir televisão, onde não importa o momento em que você a ligue, algo animado está rolando.

“Nós estamos pegando elementos que as pessoas estão acostumadas ao assistir TV e usando-os para fazer o serviço de streaming via internet uma melhor ferramenta, completamente controlada pelos gostos do usuário” – diz Evers.

Enquanto os trailers de televisão possuem uma duração de cerca de 2 minutos, os do Netflix serão mais curtos de um jeito que seus usuários consigam assistir uma série deles antes de tomarem a decisão final acerca do que irão assistir.

Atualmente, o mecanismo de auto reprodução de trailers está disponível em fase de testes para cerca de 300 mil usuários. A empresa parece estar bem confiante com o lançamento do novo feature.

Alguns percalços que estão pelo caminho do desenvolvimento da ferramenta são o cuidado com spoilers e a adaptação da linguagem mostrada em cada show. No caso de spoilers, o vice presidente comentou que “você não quer ver, em uma prévia de Breaking Bad, Bryan Craston (Walter White, protagonista da série) morrendo”.

No caso da linguagem, Evers usa como exemplo a sitcom adulta Californication. “Nosso trailer sobre Californication mostra David Duchovny (Hank Moody, protagonista da série) em uma série de atos antes de mostrar uma linda mulher de biquini minúsculo saindo de uma piscina”.