Oficial: Verizon adquire Yahoo e Marissa Mayer renuncia

Avatar

Por Lucas Bicudo

14 de junho de 2017 às 16:19 - Atualizado há 3 anos

Logo ReStartSe

Inscreva-se para o maior e mais audacioso evento de inovação, tecnologia e transformação digital já feito na América Latina. 30 dias que vão mudar sua visão de mundo, dos seus negócios e da sua carreira.

Online e totalmente gratuito - 01 a 30 de outubro/2020

Agora é oficial. Após a aprovação dos acionistas do Yahoo na semana passada, a Verizon anunciou hoje que finalmente fechou a aquisição da companhia, que planeja combinar com seus ativos da AOL em uma subsidiária chamada Oath, cobrindo cerca de 50 marcas de mídia e 1 bilhão de pessoas em todo o mundo. O novo projeto será liderado por Tim Armstrong, que era o CEO da AOL antes disso.

Como esperado, Marissa Mayer renunciou.

“Dadas as mudanças inerentes ao papel de Marissa Mayer com o Yahoo, ela optou por renunciar ao cargo. A Verizon deseja sorte em seus empreendimentos futuros”, disse a Verizon em um comunicado.

O acordo completa a vida independente de uma das marcas de internet mais antigas – indiscutivelmente a que liderou e marcou os mecanismos de pesquisa antes do Google. Desde então, foi uma série de tentativas desastrosas e dispendiosas de se redefinir, culminando na venda que temos aqui hoje.

A venda do Yahoo é outro sinal da consolidação maciça que continua a acontecer no mundo da mídia e conteúdo online, já que as grandes empresas procuram reunir várias audiências para economias de escala, capazes de construir negócios de publicidade mais fortes do que o Google e o Facebook.

Confira: temos o e-book: “Como inovar em corporações com startups“, que pode ser baixado gratuitamente através do link e te ajudará a se situar sobre o que está rolando de mais quente no ecossistema.

“O fim desta transação representa um passo crítico no crescimento da escala global necessária para a nossa empresa de mídia digital”, disse Marni Walden, presidente da Verizon da Media and Telematics (que incluirá a Oath). “O conjunto combinado de ativos em Verizon e Oath, de VR para IA, 5G para IoT, de parcerias de conteúdo para originais, criará novas e excitantes formas de cativar o público em todo o mundo”.

Haverá cortes de cerca de 15% de todos os funcionários associados à aquisição do Yahoo e fusão com a AOL, em áreas como operações e vendas e marketing.

(via TechCrunch)

Faça parte do maior conector do ecossistema de startups brasileiro! Não deixe de entrar no grupo de discussão do StartSe no Facebook e de inscrever-se na nossa newsletter para receber o melhor de nosso conteúdo! E se você tem interesse em anunciar aqui no StartSe, baixe nosso mídia kit.

[php snippet=5]