Novo recurso do iPhone e iPad faz usuários gastarem muito dinheiro sem perceber

Avatar

Por Júlia Miozzo

26 de outubro de 2015 às 10:59 - Atualizado há 5 anos

Vem aí a melhor formação de líderes do Brasil

Logo Liderança Exponencial Aprenda as novas competências fundamentais para desenvolver uma liderança exponencial e desenvolva diferenciais competitivos para se tornar um profissional de destaque no mercado.

100% online, aulas ao vivo e gravadas

Próxima turma: De 14 a 17/Dez, das 19hs às 22hs

Inscreva-se agora
Logo Cyber Monday 2020

Só hoje, nossos melhores Cursos Executivos ou Programas Internacionais com até 50% off

Quero saber mais

O iOS 9 vem com uma função que deveria facilitar a navegação na internet nos dispositivos Apple: o Assistente Wi-Fi procura as redes Wi-Fi com melhor sinal no iPhone ou iPad e, se não encontrar nenhuma rede boa o suficiente, ativa os dados do celular – fazendo com o que o usuário gaste mais seus dados sem perceber.

Por conta disso, a Apple foi processada em cerca de US$ 5 milhões, segundo o Business Insider. A nova versão do iOS já traz a função ativada no dispositivo e não é tão fácil ver quando ela está ativada, a não ser que o usuário observe o ícone Wi-Fi constantemente. Com isso, os usuários relataram que têm recebido contas de celular mais caras por terem usado seus dados de internet, quando acreditavam estar usando sua rede Wi-Fi.

O casal responsável pelo processo afirma que a empresa deveria reembolsar os consumidores afetados – e alegam que, como a função veio ativada em todos os dispositivos com o iOS 9 já instalado, o dano total é de mais de US$ 5 milhões.

Após as primeiras reclamações, a Apple publicou em seu site que o recurso pode fazer com que os usuários usem mais dados de celular quando está ativado, mas que “essa deve ser uma pequena porcentagem maior que o uso anterior”.

O processo, que alega declarações negligentes feitas pela empresa, afirma que o aviso no site da empresa não é suficiente e que “consumidores medianos e razoáveis usam seu iPhone para streaming de música, vídeo e para rodar vários aplicativos – e todos podem consumir dados significativos”.