MIT desenvolve robô que pode andar entre pessoas na rua sem colisões

Avatar

Por Lucas Bicudo

30 de agosto de 2017 às 17:46 - Atualizado há 4 anos

Logo Novo Curso

Transmissão exclusiva: Dia 08 de Março, às 21h

Descubra os elementos secretos que empresas de sucesso estão usando para se libertar do antigo modelo de Gestão Feudal de Negócios.

Inscreva-se agora
Logo Cyber Monday 2020

Só hoje, nossos melhores Cursos Executivos ou Programas Internacionais com até 50% off

Quero saber mais

Ainda existem muitos desafios a serem superados para que os robôs se tornem algo comum em nossas vidas. Muitos desses geralmente não são os que você colocaria como prioridade em uma lista. Um bom exemplo: caminhar entre as pessoas e manter o ritmo dos pedestres nas ruas e calçadas. Engenheiros do MIT criaram um novo robô autônomo que pode fazer exatamente isso.

E por que é um movimento importante? Imagine robôs em hospitais, shoppings e universidades. Há uma grande densidade de pessoas. Eles precisam aprender a navegar entre elas sem causar incômodo. O pesquisador Yu Fan “Steven” Chen criou essa solução, com o conceito de “navegação socialmente consciente”. Em outras palavras, ele segue os códigos sociais que todos inconscientemente usamos quando nos movemos juntos.

Veja também: Montamos o e-book: “Conheça o Vale do Silício“, para te ajudar a entender como as coisas funcionam em um dos maiores centros de inovação do mundo.

Ele foi projetado para simular o que serão os robôs de serviços e entregas. Em seu sistema está inclusa uma matriz LiDAR para detecção de ambiente de alta resolução. O robô usa webcams, também, para entrada visual e um sensor de profundidade, e faz uso de machine learning para lidar com o movimento altamente imprevisível de pessoas que se deslocam em torno de multidões.

É uma tecnologia parecida com a desenvolvida em carros autônomos. Em testes de 20 minutos, o robô provou ser capaz de andar por conta própria sem colisões.

O conceito em si já é um desafio, mas o que este projeto especificamente procurou fazer foi conseguir isso de uma maneira que também deixasse as pessoas ao redor sentindo-se à vontade com sua presença. As normas sociais são um enorme e poderoso elemento não falado de interação.

Confira um vídeo:

(via TechCrunch)

Faça parte do maior conector do ecossistema de startups brasileiro! Não deixe de entrar no grupo de discussão do StartSe no Facebook e de inscrever-se na nossa newsletter para receber o melhor de nosso conteúdo! E se você tem interesse em anunciar aqui no StartSe, baixe nosso mídia kit.

[php snippet=5]