Microsoft, Nvidia, Ford, Intel e Baidu se juntam em parceria por carro autônomo

Avatar

Por Lucas Bicudo

18 de julho de 2017 às 16:48 - Atualizado há 3 anos

Logo ReStartSe

GRATUITO, 100% ONLINE E AO VIVO

Inscreva-se para o Maior Programa de Capacitação GRATUITO para empresários, gestores, empreendedores e profissionais que desejam reduzir os impactos da Crise em 2020

A Microsoft é mais nova integrante do projeto da Baidu para tornar carros autônomos populares! Pois é, rivais de longa data se juntando em prol do futuro.

No início de julho, a Baidu revelou o Apollo, seu sistema operacional de código aberto para o desenvolvimento da tecnologia de condução autônoma. A empresa já havia anunciado a participação da Nvidia (a próxima gigante do Vale do Silício), a Ford e a Intel no projeto. A Microsoft vem trabalhando com montadoras na construção de softwares para carros conectados há algum tempo, mas esse é o primeiro movimento da companhia no novo mercado. Mais uma gigante no páreo!

É um modelo parecido com o do Android, mas para carros. A ideia é que, trabalhando juntas, essas empresas conseguirão desenvolver carros mais seguros mais rapidamente.

“O propósito é bastante claro: nós queremos acelerar inovação”, disse o presidente da Baidu Ya-Qin Zhang.

Veja também: montamos o e-book: “Conheça o Vale do Silício“, para te ajudar a entender como as coisas funcionam em um dos maiores centros de inovação do mundo.

Os dados produzidos pelo sistema operacional Apollo requerem muita energia de processamento. Dentro da China, a Baidu tem muito poder de processamento, mas fora das fronteiras do país, no entanto, não tem muita presença – não é ideal se você deseja que o Apollo seja adotado globalmente. Para superar competidores como Uber e Waymo, o projeto precisa tomar proporções maiores.

Microsoft, Nvidia, Ford e Intel podem fazer com que isso aconteça.

O Microsoft Azure possui a potência de computação para lidar com essa pesada carga computacional, além de estar disponível em mais países do que seus rivais Google e Amazon. Ao usar o Azure, o Baidu e seus parceiros podem disponibilizar o Apollo em quase qualquer lugar do mundo, diz Zhang.

Do lado da Microsoft, a parceria com uma concorrente reflete sua posição atual sobre a indústria automotiva. A empresa não está fazendo um carro autônomo por conta própria e quem está do seu lado, como a Volvo, não possui um sistema operacional como o Apollo.

“Não estamos em uma posição de entregar um carro autônomo de ponta a ponta”, disse o VP Corporativo da Microsoft Kevin Dallas.

Em vez disso, a filosofia atual da Microsoft está centrada em construir ferramentas capazes e necessárias de auxiliarem quem está desenvolvendo a tecnologia, desde a análise de dados até o assistente digital Cortana no painel. Neste caso, isso significa ajudar a tornar o Apollo mais amigável e mais útil para todos os fabricantes.

“Essa parceria irá transformar completamente a indústria automobilística”, termina Zhang.

Com a empresa que revolucionou o computador como conhecemos hoje, a próxima gigante do Vale do Silício, uma montadora tradicionalíssima e a maior distribuidora de chips do mundo, parece que realmente vai rolar uma revolução.

(via Business Insider)

Faça parte do maior conector do ecossistema de startups brasileiro! Não deixe de entrar no grupo de discussão do StartSe no Facebook e de inscrever-se na nossa newsletter para receber o melhor de nosso conteúdo! E se você tem interesse em anunciar aqui no StartSe, baixe nosso mídia kit.

[php snippet=5]