Investimentos em 204 moedas criptografadas renderam 1.320% em média

Da Redação

Por Da Redação

18 de outubro de 2017 às 15:52 - Atualizado há 3 anos

Logo ReStartSe

Inscreva-se para o maior e mais audacioso evento de inovação, tecnologia e transformação digital já feito na América Latina. 30 dias que vão mudar sua visão de mundo, dos seus negócios e da sua carreira.

Online e totalmente gratuito - 01 a 30 de outubro/2020

As Criptomoedas são o investimento do momento: a principal moeda, o Bitcoin, registra uma alta de mais de 300% até agora em 2017 – superando todas as principais bolsas e, obviamente, a renda fixa de todos os países. Potencialmente mais lucrativos que o Bitcoin, porém, estão os ICOs, os lançamentos de novas moedas.

ICO significa Initial Coin Offering, um instrumento para lançamento de novas moedas, muitas delas atreladas aos novos projetos de empreendedorismo que surgem a cada dia – tornou-se, portanto, uma forma de levantar dinheiro. Cada moeda e empresa tem sua dinâmica (o que permite que surjam dezenas de ICOs anti-éticos, com certeza).

Um investimento cego em todos os 204 ICOs possíveis teria dado, em média, 1.320% de valorização – isso já contabilizando TODOS os ICOs que deram errado. Esse é um estudo de Michael Jackson, ex-COO do Skype e que hoje é um dos sócios da Mangrove.

Isso mostra o por quê muitos dos investidores institucionais estão se interessando cada vez mais por ICOs. Contudo, esses investimentos estão caracterizados por alta volatilidade e em um “campo especulativo”, de acordo com o UBS. Mesmo assim, hedge funds começam a querer participar desta “festa”.

O problema é que o mercado é usualmente muito pequeno grandes fundos. Isso poderá ser resolvido, se o Goldman Sachs fizer o que ameaça fazer: criar ele mesmo um painel de para negociação de grandes quantidades de criptomoedas – o que seria um grande “marco” para o setor.

Embora seja um investimento com potencial de alta, investir em ICOs é um terreno possivelmente perigoso se você não entender exatamente o que está fazendo e quais os riscos. Vamos demonstrar cada uma dessas coisas claramente no Bitcoin Conference, um evento com os maiores especialistas do Brasil sobre bitcoin, blockchain e outras moedas – com os ICOs sendo explicados a fundo. Conheça a programação através deste site.