Sonda InSight aterrissa em Marte e manda primeiras fotos para NASA

Avatar

Por Isabela Borrelli

27 de novembro de 2018 às 16:51 - Atualizado há 2 anos

Vem aí a melhor formação de líderes do Brasil

Logo Liderança Exponencial Aprenda as novas competências fundamentais para desenvolver uma liderança exponencial e desenvolva diferenciais competitivos para se tornar um profissional de destaque no mercado.

100% online, aulas ao vivo e gravadas

Próxima turma: De 14 a 17/Dez, das 19hs às 22hs

Inscreva-se agora
Logo Cyber Monday 2020

Só hoje, nossos melhores Cursos Executivos ou Programas Internacionais com até 50% off

Quero saber mais

Quando o InSight Mars Lander desceu, ontem à noite, na superfície de Marte, houve momentos de apreensão. A velocidade de aterrissagem, de 19 mil km/h, poderia encerrar a missão espacial. Agora, a plataforma de ciência robótica está sã e salva – e enviou fotos de volta para provar isso, afirma o TechCrunch.

As primeiras fotos mostram os arredores do ponto de pouso. Por exemplo, há imagens do Elysium Planitia, uma nave sem graça, sem grandes funcionalidades.

As imagens, tiradas com a Instrument Context Camera, dificilmente são impressionantes esteticamente falando. Se parecem mais com uma paisagem suja vista através de um tubo empoeirado. No entanto, quando se considera que é um território inexplorado, em um planeta distante, e que a lente está suja de poeira e entulho marcianos, a perspectiva muda. E muito! E aí é possível admirar a beleza das imagens que retratam um universo pouco explorado pela humanidade.

Vista da superfície de Marte com lente da câmera empoeirada

Vista da Elysium Planitia, nave aterrissada em Marte

Desacelerar da velocidade interplanetária e fazer um pouso perfeito foi definitivamente a parte difícil. Mas não foi o último desafio da InSight. Depois de aterrissar, ele ainda precisou se posicionar e ter certeza de que nenhum de seus componentes e instrumentos foram danificados.

A primeira boa notícia chegou logo após o pouso, transmitida através da sonda Odyssey da NASA. Uma selfie parcial mostrando que ela estava intacta e pronta para rodar. A imagem mostra, entre outras coisas, o grande braço móvel dobrado no topo da sonda e uma grande cúpula de cobre cobrindo alguns outros componentes.

Os dados de telemetria enviados na mesma hora mostram que a InSight também implantou com sucesso seus painéis solares e sua capacidade de coleta para continuar operando. Esses ventiladores frágeis são cruciais para a sonda e é um grande alívio saber que eles estão funcionando corretamente.

Estas são apenas as primeiras de muitas imagens que a sonda envia. Ao contrário da Curiosity e das outros veículos de exploração no espaço, a InSight não está viajando por aí tirando fotos de tudo o que vê. Seus dados serão coletados das profundezas do planeta, nos oferecendo uma visão de suas origens – e do nosso sistema solar.

Fotos: NASA