Há 10 anos, Apple lançava plataforma que já gerou US$ 145 bilhões

Da Redação

Por Da Redação

10 de julho de 2018 às 19:48 - Atualizado há 2 anos

Logo ReStartSe

GRATUITO, 100% ONLINE E AO VIVO

Inscreva-se para o Maior Programa de Capacitação GRATUITO para empresários, gestores, empreendedores e profissionais que desejam reduzir os impactos da Crise em 2020

Dia 10 de julho de 2008, a Apple lançava a App Store, sua plataforma de aplicativos. E que resultado maravilhoso a Apple teve com a empreitada.

10 anos depois, ela já gerou US$ 145 bilhões, sendo que US$ 100 bilhões foram para desenvolvedores diferentes e US$ 45 bilhões para a própria Apple.

Esse é o tamanho de apenas parte da economia digital, de aplicativos. Esse valor é apenas o de aplicativos pagos – especialmente jogos, como Minecraft e Angry Birds, campeões de receitas na App Store ao longo desses anos.

O tamanho é muito maior: pense em cada assinatura do Netflix ou do Spotify que os aplicativos geraram. Ou as compras dentro de aplicativos “gratuitos”. É gigante.

Nos resultados da própria Apple o resultado já é gigante: o setor de serviços, liderado pela App Store, é responsável por 15% de todas as receitas da companhia. Junto com ela, serviços de vídeos e música, além de compras de iTunes.

É algo extremamente importante para a empresa, que busca diversificar depois de ser chamada de “companhia do iPhone”. E importantíssimo para milhares de empresas que dependem dela.

Steve Jobs chegou a dizer que queria montar uma loja com, talvez, milhares de aplicativos. Pois sua profecia se realizou, mais de 2 bilhões de downloads já foram realizados na plataforma.

Baixe já o aplicativo da StartSe
App StorePlay Store