Google vai usar I.A para prever atrasos antes das companhias aéreas

Tainá Freitas

Por Tainá Freitas

1 de fevereiro de 2018 às 13:11 - Atualizado há 3 anos

Logo ReStartSe

GRATUITO, 100% ONLINE E AO VIVO

Inscreva-se para o Maior Programa de Capacitação GRATUITO para empresários, gestores, empreendedores e profissionais que desejam reduzir os impactos da Crise em 2020

O Google Voos (ou Google Flights) é um serviço do Google no qual é possível rastrear voos e preços, além de reservar passagens áreas online. A inteligência artificial fará o serviço ficar ainda mais eficiente: o Google Voos irá prever atrasos nos voos, antes mesmo das companhias aéreas. A novidade já está disponível na plataforma.

Um dos maiores problemas ao viajar de avião é o “chá de cadeira” no aeroporto. Por regra, os passageiros já são obrigados a chegar com antecedência, e ainda é comum que voos atrasem, tornando a espera ainda maior. Com o Google Voos, os passageiros poderão antecipar esse problema, antes mesmo das companhias aéreas.

O Google afirmou que a combinação de dados e inteligência artificial poderá prever atrasos antes mesmo das confirmações oficiais das companhias aéreas. Mas, para não trazer ainda mais problemas aos passageiros no caso de uma previsão errônea, a empresa não divulgará os atrasos antes de ter 80% de certeza. Os passageiros ainda deverão chegar no aeroporto no horário marcado, mas poderão saber o que fazer (ou o que levar) e organizar seus compromissos ao saberem de um possível atraso.

Para as companhias aéreas, anunciar atrasos não é algo confortável devido ao estresse gerado aos passageiros, e muitas vezes estes não são informados dos motivos da mudança. Agora, seja qual for o motivo, como o clima ou atrasos na própria aeronave, o Google informará. Os passageiros poderão rastrear seus voos buscando-os no Google Voos pelo número, companhia aérea ou rota. Se o voo estiver atrasado, a informação aparecerá nos resultados da busca.

A novidade do Google mostra o quanto a empresa está investindo e avançando na análise de dados e inteligência artificial. A empresa que nasceu do Vale do Silício está seguindo (e ditando) tendências de tecnologia que estão cada vez mais populares em São Francisco. Para conferir em primeira mão as tecnologias que estão sendo desenvolvidas no maior polo de inovação do mundo, participe da Silicon Valley Conference, que acontecerá em São Paulo.

[php snippet=5]