Google lança, em São Paulo, sua primeira região de Cloud na América Latina

Avatar

Por Lucas Bicudo

20 de setembro de 2017 às 18:33 - Atualizado há 3 anos

Vem aí a melhor formação de líderes do Brasil

Logo Liderança Exponencial Aprenda as novas competências fundamentais para desenvolver uma liderança exponencial e desenvolva diferenciais competitivos para se tornar um profissional de destaque no mercado.

100% online, aulas ao vivo e gravadas

Próxima turma: De 14 a 17/Dez, das 19hs às 22hs

Inscreva-se agora
Logo Cyber Monday 2020

Só hoje, nossos melhores Cursos Executivos ou Programas Internacionais com até 50% off

Quero saber mais

Nesta terça-feira (19), o Google inaugurou, em São Paulo, a primeira região de Cloud na América Latina. Agora, as empresas de todo o continente poderão armazenar e processar dados no Brasil, além de comprar direto de uma entidade local em reais. A instalação da nova região aumenta a velocidade, desempenho e flexibilidade da plataforma, tanto no Brasil quanto em outros países da América Latina.

“Nós temos o compromisso de tornar nossos produtos acessíveis para mais e mais empresas brasileiras. Ao oferecer a possibilidade de pagamentos reais, nós reduzimos a necessidade dos clientes de ter uma infraestrutura para cuidar dos pagamentos e dos impostos, reduzindo a burocracia, e permitindo que as empresas foquem naquilo que importa: continuar inovando e crescendo”, diz Fabio Andreotti, diretor de GCP do Google Brasil.

A tecnologia da nuvem – um dos pilares fundamentais para a transformação digital – permite que empresas e indústrias de todos os tamanhos possam desenvolver seus negócios de forma mais eficiente, rápida e escalável.

Testes de performance demonstraram de 80% a 95% em redução de latência para clientes no Chile, Argentina e Brasil, quando comparado com qualquer região de Google Cloud Platform (GCP) dos Estados Unidos.

“Com a chegada da região do Google Cloud Platform no Brasil, a Dotz vê a possibilidade de potencializar todos seus negócios. Estamos empolgados com as novas possibilidades que poderemos aproveitar com a abertura da nova região, alavancando o uso atual das ferramentas que estamos trabalhando no GCP”, celebra Cristiano Hyppolito, CTO da Dotz.

Com a inauguração da região de São Paulo, Google Cloud Platform integra 12 regiões, 36 zonas, mais de 100 pontos de presença e uma rede global com 100 mil quilômetros de cabos de fibra óptica.

“Estamos entusiasmados que o GCP logo oferecerá uma região em São Paulo. Contabilizei tem sido um cliente desde o 2013, e o nosso rápido crescimento foi possível graças às ferramentas do GCP. Nós acreditamos que este lançamento melhorará o desempenho dos nossos serviços, e contribuirá ao crescimento da comunidade latino-americana de usuários do Google Cloud Platform. O lançamento da região GCP em São Paulo continuará a nos apoiar para que Contabilizei continue a prestar serviços 90% mais baratos do que os contadores tradicionais”, também dá seu depoimento Fabio Bacarin, CTO da Contabilizei

Não deixe de conferir: o StartSe montou um curso online de introdução à Nova Economia. A ideia é aprender a ser competitivo com quem reescreve o futuro a partir do Vale do Silício.

Com isso, o Brasil se torna oficialmente uma das oito regiões de Cloud anunciadas pelo Google. Os clientes brasileiros precisarão atualizar suas contas, informando o método de pagamento, que pode ser por cartão de crédito ou boleto.

“A maioria dos nossos clientes e parceiros estão no Brasil. O lançamento da região do Google Cloud Platform em São Paulo irá diminuir a latência de seus produtos, e com isso, derrubar a última barreira para podermos utilizar massivamente o Google Cloud nos serviços que fazem interface com nossos clientes”, finaliza Flavio Tooru, Gerente de TI da Movile.

Esta é uma continuação dos esforços para a expansão global do Google Cloud Platform, uma resposta às demandas dos clientes e parceiros em relação aos requisitos regionais de localização de dados, que dará ganho em latência, desempenho e confiabilidade, sendo um avanço para a competitividade do mercado de tecnologias em nuvem no Brasil.

O Google tem uma série de critérios para decidir onde serão construídas regiões de cloud para seus serviços globais, incluindo demanda de mercado e feedbacks recebidos de clientes de todo mundo. Para os serviços em nuvem, o Google tem um processo rigoroso para avaliar a oportunidade de mercado de cada região em potencial e iniciar o desenvolvimento de acordo com a necessidade.

Participe do maior censo de startups do Brasil! Não deixe de entrar no grupo de discussão do StartSe no Facebook e de inscrever-se na nossa newsletter para receber o melhor de nosso conteúdo!

E caso você tenha interesse em anunciar aqui no StartSe, baixe nosso mídia kit.

[php snippet=5]