Google compra divisão de smartphones da HTC por US$ 1,1 bilhão

Tainá Freitas

Por Tainá Freitas

21 de setembro de 2017 às 18:05 - Atualizado há 3 anos

Logo Black Friday 2020

Nossos melhores Cursos Executivos ou Programas Internacionais com até 50% off

Quero saber mais

Vem aí a melhor formação de líderes do Brasil

Logo Liderança Exponencial Aprenda as novas competências fundamentais para desenvolver uma liderança exponencial e desenvolva diferenciais competitivos para se tornar um profissional de destaque no mercado.

100% online, aulas ao vivo e gravadas

Próxima turma: De 14 a 17/Dez, das 19hs às 22hs

Inscreva-se agora

A parceria de mais de uma década entre o Google e a HTC aumentou desde o lançamento do Google Pixel e Pixel XL – os aparelhos da Google foram idealizados e manufaturados pela multinacional taiwanesa e lançados no ano passado. Agora, a HTC anunciou que a “Powered By HTC” R&D Division, divisão de smartphones da empresa, será comprada pelo Google por US$ 1,1 bilhão.

De acordo com o CFO da HTC, Peter Shen, isso significa que metade dos 4 mil funcionários da multinacional entrarão no Google. Mas não é por isso que a produção dos smartphones da própria HTC será encerrada: eles continuarão desenvolvendo a própria linha, incluindo o próximo celular flagship, que trará a sequência ao HTC U11.

O acordo também garante que a empresa tenha uma licença não-exclusiva sob uma parte da propriedade intelectual de HTC. Depois de alguns meses de especulação, o acordo deverá ser aprovado no início de 2018. A compra da divisão de smartphones permitirá ao Google investir ainda mais no setor, principalmente no hardware dos celulares.

Veja mais: Para saber mais sobre investimentos e captação, participe da Invest Class do Startse!

A primeira contribuição entre as duas empresas foi em 2007, quando lançaram o HTC Dream, primeiro smartphone Android do mundo. Em 2010 e 2014, lançaram, respectivamente, o smartphone Nexus One e o tablet Nexus 9. Dois anos depois, foi liberado o primeiro Google Pixel e o Pixel 2 será anunciado ainda este ano, no dia 4 de outubro.

(Via Engadget)

Participe do maior censo de startups do Brasil! Não deixe de entrar no grupo de discussão do StartSe no Facebook e de inscrever-se na nossa newsletter para receber o melhor de nosso conteúdo!

E caso você tenha interesse em anunciar aqui no StartSe, baixe nosso mídia kit.

[php snippet=5]