Goldman Sachs estuda começar a mediar transações de bitcoins

Tainá Freitas

Por Tainá Freitas

3 de outubro de 2017 às 08:17 - Atualizado há 3 anos

Logo Black Friday 2020

Nossos melhores Cursos Executivos ou Programas Internacionais com até 50% off

Quero saber mais

Vem aí a melhor formação de líderes do Brasil

Logo Liderança Exponencial Aprenda as novas competências fundamentais para desenvolver uma liderança exponencial e desenvolva diferenciais competitivos para se tornar um profissional de destaque no mercado.

100% online, aulas ao vivo e gravadas

Próxima turma: De 14 a 17/Dez, das 19hs às 22hs

Inscreva-se agora

Um dos maiores bancos de investimento do mundo, o Goldman Sachs, está considerando abrir uma exchange de bitcoins, segundo o jornal The Wall Street. As exchanges são responsáveis por realizar as transações de compra e venda das criptomoedas. O bitcoin não é regulamentado por bancos ou regida por governos.

“Em resposta ao interesse de nossos clientes com moedas virtuais, nós estamos explorando como melhor servi-los nesse espaço”, disse a porta-voz da empresa ao jornal. O interesse dos investidores pelas bitcoins acompanha a valorização da moeda, que já supera 360% neste ano.

Caso o banco de investimentos concretize a ideia, será a primeira empresa de Wall Street a mediar transações de criptomoedas. O aval do Goldman Sachs – com a criação de uma Exchange – traria mais segurança para esse mercado e seria o impulso que a moeda precisa, pois ainda provoca opiniões controversas.

Veja também: as principais dúvidas a respeito do bitcoin respondidas aqui.

Enquanto isso, o Japão regulamentou 11 exchanges no país para evitar fraudes e lavagem de dinheiro, a China as reprimiu proibindo ofertas iniciais de criptomoedas. O mesmo acontece com as investidoras JP Morgan e Morgan Stanley: o CEO da JP Morgan afirmou que o bitcoin é uma fraude, enquanto o da Morgan Stanley afirmou que a moeda é mais que uma moda.

O destino da bitcoin e das moedas criptografadas será discutido pelos maiores especialistas do Brasil no Bitcoin Conference, promovida pelo StartSe no mês de novembro. Confira.

(Via Business Insider)

Participe do maior censo de startups do Brasil! Não deixe de entrar no grupo de discussão do StartSe no Facebook e de inscrever-se na nossa newsletter para receber o melhor de nosso conteúdo!

E caso você tenha interesse em anunciar aqui no StartSe, baixe nosso mídia kit.

[php snippet=5]