Ford monta um novo de negócio de carros autônomos em Miami

Avatar

Por Elena Costa

6 de março de 2018 às 18:56 - Atualizado há 3 anos

Vem aí a melhor formação de líderes do Brasil

Logo Liderança Exponencial Aprenda as novas competências fundamentais para desenvolver uma liderança exponencial e desenvolva diferenciais competitivos para se tornar um profissional de destaque no mercado.

100% online, aulas ao vivo e gravadas

Próxima turma: De 14 a 17/Dez, das 19hs às 22hs

Inscreva-se agora

Ford está preparando a sede do seu negócio de carros autônomos em Miami na Flórida. É uma abordagem de 3 vertentes que ainda se encontra muito pequena, mas que já inclui piloto de entregas em parceria com a Domino’s e Postmates, teste dos veículos na cidade e a criação de um centro de gerenciamento da frota.

Muitas empresas envolvidas na corrida do carro autônomo já iniciaram a fase de testes, mas nenhuma ainda criou ou estabeleceu um centro de gerenciamento como a Ford planeja fazer para realizar manutenção e operação dos veículos autônomos. A ação é um desafio já que servirá para determinar a melhor forma de gerenciar a frota e é algo que influenciará o lançamento e expansão das empresas envolvidas nesta empreitada.

Sem motoristas, a empresa deve determinar quem ou o que assumirá a responsabilidade e os custos de manutenção destes veículos, visto que não há uma pessoa para arcar com estes custos como um carro comum. O VP de veículos autônomos e elétricos da Ford, Sherif Marakby, afirmou que a companhia ainda tem que decidir se irá operar a rede de gerenciamento da frota por conta própria ou em parceria com outra empresa.

“Nós podemos fazer de muitas maneiras diferentes”, disse Marakby ao Recode. “Nós vamos estar abertos a isso, mas para nós sabermos como funciona e quais são os problemas, precisamos fazer isso por conta própria pela primeira vez”, completou.

[php snippet=5]

Outras companhias já optaram por trabalhar em parceria com empresas de locação de veículos e suas respectivas redes de locais. A Waymo com a Avis é um exemplo desta ação, já que a subsidiária do Google tem acesso e lugar para armazenar os veículos e também uma rede nacional de oficinas de manutenção e reparos.

A GM, ao contrário das outras, opera o seu próprio serviço de compartilhamento de veículos denominado Maven que poderá servir para o seu carro autônomo Cruise.

Anuncio da Ford, segundo Marakby, é para reforçar que estão em operação, ou seja, já apresentam um depósito e processo de mapeamento da cidade. Além disso, o VP de carros autônomos e elétricos afirmou em post no blog da empresa que: “ao juntar todas as nossas diferentes faixas de desenvolvimento para testar em uníssono, estamos nos colocando na melhor posição para analisar nossa execução, determinar o que funciona bem e melhorar o que não”.

“Desta forma, podemos expandir nosso serviço rapidamente e levá-lo para outras cidades quando chegar a hora”, completou ele. A previsão da companhia é que em 2021 lance o centro de gerenciamento da frota que ajudará a construir uma base sobre a qual a Ford poderá lançar os seus serviços – o de entrega e de carona.

Como podemos observar carros autônomos e outras tecnologias como Inteligência artificial, Blockchain, Robótica, Big Data, Machine Learning, Realidade Virtual, IoT estarão cada vez mais presentes no nosso cotidiano, remodelando o mundo em que vivemos e trabalhamos. Para não ficar para trás nessa revolução que estamos passando, conheça projetos transformacionais que estão reescrevendo o futuro no Silicon Valley Conference.