Ford lançará 40 carros elétricos até 2022 (e investirá US$ 11 bilhões para isso)

Tainá Freitas

Por Tainá Freitas

15 de janeiro de 2018 às 10:39 - Atualizado há 3 anos

Logo ReStartSe

Inscreva-se para o maior e mais audacioso evento de inovação, tecnologia e transformação digital já feito na América Latina. 30 dias que vão mudar sua visão de mundo, dos seus negócios e da sua carreira.

Online e totalmente gratuito - 01 a 30 de outubro/2020

A Ford investirá US$ 11 bilhões em veículos elétricos até 2022. A empresa também terá 40 carros eletrizados em seu portfólio, entre híbridos e totalmente elétricos, afirmou o Chairman da empresa, Bill Ford.

Os custos de engenharia, pesquisa e desenvolvimento em 2016 na empresa foi de US$ 7.3 bilhões. Ou seja, a empresa está disposta a gastar muito mais nos veículos elétricos, principalmente porque o valor de investimento anunciado anteriormente até 2020 era de US$ 4,5 bilhões.

Em outubro, o CEO Jim Hackett disse a investidores que a empresa gastaria US$ 14 bilhões nos próximos cinco anos para desenvolver mais caminhões e carros elétricos e veículos. A empresa não está mais olhando tanto para sedans e carros movidos à combustão.

E, dos 40 veículos eletrizados que a Ford tem planos de lançar até 2022, 16 serão completamente elétricos, e o restante será híbrido, segundo executivos. Nesses veículos, a novidade deve ser mesmo a mudança do combustível.

“Nós estamos com tudo nessa e estamos pegando nossos veículos padrões, os mais icônicos, e estamos eletrificando-os”, disse a Ford para repórteres. “Se nós quisermos ter sucesso na eletrificação, teremos que fazê-lo em veículos que já são populares”.

[php snippet=5]

A estratégia da Ford nos veículos elétricos foi desenvolvida durante mais de seis meses, depois de muitas revisões. A operação começou depois que Hackett substituiu o CEO Mark Fields em maio.

Em outubro, a empresa anunciou que formou um time para acelerar o desenvolvimento global de veículos elétricos, no qual a missão é de “pensar maior” e “fazer decisões mais rápidas”.

Carros elétricos no mundo

Apesar da Ford ter afirmado “estar com tudo” no setor, existem concorrentes investindo mais. A Volkswagen afirmou em novembro que investiria US$ 40 bilhões em carros elétricos, autônomos e novos serviços de mobilidade até o final de 2022.

Já a Tesla é referência nos veículos elétricos e agora está investindo o desenvolvimento de veículos autônomos, com previsão de lançamento já em 2019.

Outras empresas automobilísticas como a General Motors, Toyota e Volkswagen também revelaram planos agressivos para o setor – com a GM pretendendo lançar 20 carros elétricos em 6 anos.

Isso acontece porque os carros movidos à combustível fósseis estão com data de validade já estabelecida. A China, Índia, Fraça e Reino Unido já anunciaram planos para acabar com esses veículos e combustíveis fósseis entre 2030 e 2040. Para saber como o mundo está se mobilizando a respeito de carros elétricos, autônomos e novas tecnologias, participe do evento 2018 – A Revolução da Nova Economia, para ficar por dentro de todas as novidades de tecnologia.

(Via Venture Beat)