"Flexível"? novo smartphone do Google entorta mais fácil que iPhone 6

Avatar

Por Paula Zogbi

5 de novembro de 2015 às 13:26 - Atualizado há 5 anos

Vem aí a melhor formação de líderes do Brasil

Logo Liderança Exponencial Aprenda as novas competências fundamentais para desenvolver uma liderança exponencial e desenvolva diferenciais competitivos para se tornar um profissional de destaque no mercado.

100% online, aulas ao vivo e gravadas

Próxima turma: De 14 a 17/Dez, das 19hs às 22hs

Inscreva-se agora

Em setembro, o Google lançou o smartphone Nexus 6, que foi muito bem avaliado por especialistas e usuários no geral.

Voltando no tempo, em 2014 a Apple sofreu nas mãos de usuários com o “bendgate” : as pessoas diziam que o iPhone 6 tinha uma falha estrutural que permitia que qualquer pessoa entortasse facilmente o aparelho. Na época, diversas revistas especializadas fizeram reportagens para provar que as acusações eram exageradas.

Agora, o YouTuber JerryRigEverything descobriu que a mesma falha existe no novo aparelho do Google – na verdade, neste smartphone a situação parece bem mais feia. Ele publicou no final de outubro um vídeo em que, usando apenas as mãos, entorta e praticamente despedaça todo o aparelho, aparentemente com bastante facilidade.

No caso do iPhone, o corpo do aparelho se curvava, mas parava por aí. Aliás, aparentemente os usuários tinham que fazer bastante esforço para conseguir essa proeza. O caso que o Google enfrenta agora é mais grave. Algumas pessoas disseram na internet que o celular utilizado no vídeo pode ter sido prejudicado por testes realizados anteriormente, mas em resposta a elas o mesmo canal realizou um segundo teste, com resultados ainda mais desastrosos:

O canal lista três problemas na estrutura do Nexus 6P:

– A estrutura que liga as partes frontal e traseira do aparelho são muito fracas;

– As bordas são finas demais;

– Há um espaço entre a placa mãe e a bateria, que pode facilitar a curvatura.