Facebook ativa Safety Check após atentados à Bruxelas

Avatar

Por Lucas Bicudo

22 de março de 2016 às 13:41 - Atualizado há 5 anos

Vem aí a melhor formação de líderes do Brasil

Logo Liderança Exponencial Aprenda as novas competências fundamentais para desenvolver uma liderança exponencial e desenvolva diferenciais competitivos para se tornar um profissional de destaque no mercado.

100% online, aulas ao vivo e gravadas

Próxima turma: De 22 a 25/Fev - 2021, das 19hs às 22hs

Inscreva-se agora
Logo Cyber Monday 2020

Só hoje, nossos melhores Cursos Executivos ou Programas Internacionais com até 50% off

Quero saber mais

O Facebook ativou seu serviço de Safety Check após série de ataques ocorridos em Bruxelas, na manhã dessa terça-feira (22). Quem traz as informações é o site TechInsider.

Mais de 30 pessoas foram confirmadas mortas até agora e a cidade continua em estado de alerta.

Explosões atingiram o aeroporto, algumas linhas de metrô e deixaram ao menos 200 feridos, fora aqueles contabilizados como mortos. Imediatamente o Facebook recebeu diversas chamadas requerendo que seu serviço de Safety Check fosse ativado.

O mecanismo permite que pessoas que estavam na área do atentado marquem si mesmas como “seguras”. Em Paris, em novembro do ano passado, o serviço já foi utilizado e desde então tem sido bastante recorrido, como em ataques na Nigéria e Ankara. A ideia é que, no meio da loucura de um ataque ou desastre natural, as pessoas sejam capazes de alertar suas famílias sobre seu estado de segurança.