Estamos mais próximos de uma experiência de realidade virtual de verdade

Avatar

Por Lucas Bicudo

5 de setembro de 2016 às 16:01 - Atualizado há 5 anos

Logo Novo Curso

Transmissão exclusiva: Dia 08 de Março, às 21h

Descubra os elementos secretos que empresas de sucesso estão usando para se libertar do antigo modelo de Gestão Feudal de Negócios.

Inscreva-se agora
Logo Cyber Monday 2020

Só hoje, nossos melhores Cursos Executivos ou Programas Internacionais com até 50% off

Quero saber mais

O Fraunhofer Institute for Telecommunications criou poderosas configurações para uma multi-câmera que captura em 3D todos os aspectos de um objeto à sua frente e eleva a experiência de realidade virtual.

O objetivo é criar avatares que não são apenas fotorrealistas a partir de determinados pontos de vista, mas que mostrem de verdade uma pessoa na sua frente, junto com sua presença e gestos.

“Atualmente nós estamos usando mais de 20 câmeras para mapear um humano”, explica Oliver Schreer, o líder do grupo de pesquisadores encarregados do projeto, em um release de imprensa. Cada sensor de profundidade da câmera envia informações para um processador central, que funde tudo em uma única representação.

“Ao desenvolver esses algoritmos, um cuidado especial foi tomado para garantir que ele funcione eficiente e rapidamente, de um jeito que movimentos de um diálogo entre amigos possa ser convertido em um modelo dinâmico”, continua.

Ainda são precisos alguns segundos, mas o resultado do modelo virtual é um detalhamento intacto, do estilo de cabelo às elevações da superfície de uma camiseta. Cada movimento é capturado. O modelo pode ser implementado em um ambiente virtual e você ser capaz de inspecioná-lo de qualquer ângulo.

A primeira aplicação da tecnologia foi em uma teleconferência, mas Schreer vê seu sistema sendo implementado principalmente no entretenimento.

“Produtores de filmes podem usar a multi-câmera para transferir movimentos de um ator dentro de cenas digitais muito facilmente agora”, disse.

(via TechCrunch)

[php snippet=5]
E por último, não esqueçam de entrar no grupo de discussão do StartSe no Facebook!