Essas 5 novas tecnologias vão gerar as maiores empresas do mundo em breve

Da Redação

Por Da Redação

21 de setembro de 2017 às 15:25 - Atualizado há 3 anos

Logo Black Friday 2020

Nossos melhores Cursos Executivos ou Programas Internacionais com até 50% off

Quero saber mais

Vem aí a melhor formação de líderes do Brasil

Logo Liderança Exponencial Aprenda as novas competências fundamentais para desenvolver uma liderança exponencial e desenvolva diferenciais competitivos para se tornar um profissional de destaque no mercado.

100% online, aulas ao vivo e gravadas

Próxima turma: De 14 a 17/Dez, das 19hs às 22hs

Inscreva-se agora

Responda rápido: qual é a tecnologia mais promissora da atualidade? Realidade aumentada, inteligência artificial, internet das coisas, automação do trabalho e blockchain seriam boas respostas. Elas possuem em comum que são tecnologias relativamente pouco exploradas no momento, que estão começando a serem adotadas pelas empresas.

E como todo terreno novo, existem grandes oportunidades para empreender nestas tecnologias. As grandes empresas de tecnologia se revezam para conseguir desenvolver produtos e soluções em cada uma delas: a Apple é apaixonada por realidade aumentada e concorre com a Microsoft nesta área, a inteligência artificial é super pesquisada por IBM e Google, mas Microsoft, Apple e Amazon correm por fora. Google que é apaixonado pela internet das coisas e tem várias iniciativas nesta área, concorrendo com Amazon – também forte em automação -, enquanto o Blockchain é liderado por IBM e Microsoft.

Mas todas elas possuem em comum o fato de que, sendo os seus focos em outras áreas, precisam constantemente de fazer parcerias com startups para garantir que as tecnologias sejam desenvolvidas. Por conta disso, esses gigantes estão constantemente comprando empresas menores promissores para aumentar seus esforços nestas áreas. As pequenas empresas podem receber investimento e ficarem independentes ou seguirem um caminho de total independência, também.

De qualquer forma, é natural que essas tecnologias criem algumas das maiores companhias que o mundo vai ver. O Instituto DaVinci mostra que a empresa mais valiosa de 2030 ainda não foi fundada, e desenvolverá uma solução de baixo custo para ensinar jovens através de inteligência artificial. Outros think tanks acreditam que o Blockchain deverá mudar a natureza de todos os setores que necessitam de “confiança” (transações, logística, etc) – e que quem tiver a aplicação mais confiável estará presente em todos eles.

Como toda mudança disruptiva, é provável que novas gigantes surjam com isso – muito difícil serem as gigantes de hoje que vão conseguir desenvolver a tecnologia da forma que ela merece. AMD e Nvidia, duas empresas “médias” do Vale do Silício, já são citadas como algumas das potenciais gigantes de amanhã por conta de desenvolverem hardware muito propícios para se construir inteligência artificial. Outras gigantes já foram fundadas e “estão” voando abaixo do radar. E mais outras ainda nem existem.

Um bom exemplo é o que Frank Holmes, da U.S Global Investors, acredita: o blockchain será tão revolucionário quanto foi o e-commerce na década de 90. E uma empresa do segmento será tão grande quanto a Amazon é atualmente. Falaremos extensivamente do Blockchain em uma conferência sobre o assunto em novembro – onde também trataremos de sua aplicação mais comum, criptomoedas como o Bitcoin.

Buscar inovações nestas cinco tecnologias pode ser o caminho para empreender em altíssimo impacto, em nível mundial. Se você tem startups em qualquer um destes quatro segmentos promissores, o StartSe adoraria contar a história de vocês para todos nossos leitores. Basta enviar um e-mail para felipe@startse.com.br com o nome de sua startup e faremos uma matéria muito bacana sobre vocês!