Entenda como a Apple quer arrumar tudo o que há de errado com a TV

Tim Cook acredita que a TV está estagnada nos anos 1980, e que ele mesmo pode ter a solução

Avatar

Por Paula Zogbi

27 de outubro de 2015 às 10:04 - Atualizado há 4 anos

O CEO da Apple, Tim Cook, acredita que está tudo errado com a experiência que ele tem com a televisão. E adivinha quem vai consertar isso? A sua empresa, claro.

De acordo com o Business Insider, Cook aproveitou a conferência WSJD para elencar todos os problemas que existem atualmente e dizer que nunca teve tanta confiança de que a nova Apple TV é a “base do futuro da TV”.

De acordo com ele, usar a televisão no formato em que ela existe atualmente é praticamente “entrar em uma cápsula do tempo”. Entenda por que ele pensa dessa maneira:

– Os telespectatores não escolhem o que vão assistir

– Se você perde um programa e não programou seu aparelho para gravá-lo com antecedência, não tem mais jeito. De acordo com Cook, uma pessoa que perde a programação de um dia não tem mais como acessá-la. Neste caso, ele pode estar um pouco exaltado, já que há diversas opções de opções sob demanda e inclusive de assistir às programações nos sites das emissoras.

– Há centenas de canais, mas é difícil encontrar o que você está procurando. “Se você só quer sentar no sofá e assistir a uma comédia, você começa a buscar em um guia desenvolvido nos anos 80 e quase não mudou”.

– A programação é boa, mas a experiência é terrível. Ver TV deveria ser tão fácil quanto usar um iPhone: segundo ele, a experiência televisiva está presa em “outra década”.

A nova Apple TV, de acordo com Cook, abrirá as portas a algo muito maior. Os comentários vêm depois de rumores de que a Apple estaria trabalhando em um serviço de TV via internet, com menos canais e um preço mais acessível do que pacotes comuns de TV a cabo.