Conectar o carro à internet pode diminuir o preço do seu seguro

Tainá Freitas

Por Tainá Freitas

2 de outubro de 2017 às 15:14 - Atualizado há 3 anos

Logo ReStartSe

Inscreva-se para o maior e mais audacioso evento de inovação, tecnologia e transformação digital já feito na América Latina. 30 dias que vão mudar sua visão de mundo, dos seus negócios e da sua carreira.

Online e totalmente gratuito - 01 a 30 de outubro/2020

Desde que os carros “conectados” surgiram a tecnologia tem facilitado a vida dos motoristas – principalmente nos últimos anos. Agora, já não é necessário carregar um GPS pra lá e pra cá, vários os carros já possuem em seus painéis, muitos deles com conexão com o Waze.

Esqueça as multas por usar o celular: o próprio veículo te permite realizar e atender as ligações necessárias. Também não somos mais reféns dos CDs ou rádio: o bluetooth ou cabo auxiliar permitem que conectemos nossa playlist no carro. É possível utilizar esses recursos sem a conexão de internet, mas quando ela existe, os benefícios são ainda maiores.

Com a internet, as viagens de carro tornam-se cada vez mais pessoais. Segundo o VentureBeat, a tendência agora é que os veículos, unidos à internet e softwares inteligentes, aprendam a reconhecer o motorista e agir como um assistente virtual. A inteligência artificial será utilizada para atender os comandos de voz – tal como a Siri, da Apple, e o Google Assistente -, e aprenderá os trajetos e costumes preferidos.

Com o uso de softwares e inteligência artificial, se desejado, os dados da performance de direção do motorista serão guardados e podem ser analisados por seguradoras. Os motoristas que possuem seguro baseado no uso – ou seja, o valor pago depende de como e o quanto o usuário dirige -, serão beneficiados. Aqueles que possuírem uma boa conduta terão desconto – afinal, os dados do próprio carro já garantem que a direção é segura e responsável, resultando em uma menor probabilidade do uso do seguro.

Quando o carro conhece o motorista, a seguradora também pode conhecê-lo. A inovação, além de trazer descontos, quebrará estereótipos: a idade não será mais um fator tão decisivo no valor dos seguros para os jovens, por exemplo, que possuem taxas maiores.

Além disso, o uso da internet wi-fi integrada nos carros facilitará a vida do consumidor que já possui um carro tecnológico, mas que precisa levá-lo a concessionária toda vez que deseja atualizar o software. Como acontece no Tesla, o carro elétrico e autônomo da empresa homônima do Vale do Silício, as atualizações de software poderão ser realizadas a qualquer hora, quando há uma conexão com a internet disponível.

Os carros conectados são uma inovação que atinge a experiência do usuário e a economia. É um passo a frente que, aos poucos, mudará toda a nossa relação entre motorista e veículo. Mauricio Benvenutti falará sobre inovações que mudam o mundo no curso dinâmico Nova Economia. Confira.

(Via Venture Beat)

Participe do maior censo de startups do Brasil! Não deixe de entrar no grupo de discussão do StartSe no Facebook e de inscrever-se na nossa newsletter para receber o melhor de nosso conteúdo!

E caso você tenha interesse em anunciar aqui no StartSe, baixe nosso mídia kit.

[php snippet=5]