Compras online superam US$ 1 bilhão por dia em novembro

Tainá Freitas

Por Tainá Freitas

23 de novembro de 2017 às 10:27 - Atualizado há 3 anos

Vem aí a melhor formação de líderes do Brasil

Logo Liderança Exponencial Aprenda as novas competências fundamentais para desenvolver uma liderança exponencial e desenvolva diferenciais competitivos para se tornar um profissional de destaque no mercado.

100% online, aulas ao vivo e gravadas

Próxima turma: De 14 a 17/Dez, das 19hs às 22hs

Inscreva-se agora
Logo Black Friday 2020

Nossos melhores Cursos Executivos ou Programas Internacionais com até 50% off

Quero saber mais

Estamos há alguns dias do fim de novembro e as pessoas já gastaram US$ 28,6 bilhões em compras online nesse mês. O valor corresponde do dia 1 à 21 de novembro e não conta com compras da Black Friday e Cyber Monday (compras na segunda após o Thanksgiving). Os dados são de um relatório da Adobe Analytics.

O valor de US$ 28,6 bilhões corresponde a um aumento de 18% em relação a novembro de 2016.  As ofertas já estão acontecendo pois alguns varejistas se adiantaram à data, mas o consumidor costuma esperar os dias marcados para ofertas de fato para realizarem suas compras. Como hoje é o Dia de Ação de Graças nos Estados Unidos e amanhã é a Black Friday, a expectativa é que esse valor aumente exponencialmente.

No Brasil, a expectativa da ABComm é que o comércio eletrônico fature R$ 2,5 bilhões na Black Friday. Mas como se manter competitivo em meio à tantas ofertas na Black Friday e até mesmo no Natal? Participe da maior conferência sobre tecnologia e varejo para conhecer soluções que valorizarão o seu negócio. Confira!

E mesmo que um consumidor não aproveite a Black Friday, poderá esperar dois dias e comprar com os descontos da Cyber Monday, que ainda traz ofertas na segunda-feira.

A Cyber Monday possui a expectativa de ser o maior dia de compras online da história, podendo render US$ 6,6 bilhões em vendas, segundo o que espera a Adobe. Ao todo, espera-se que a temporada de ofertas gere US$ 107 bilhões em vendas – um aumento de 14%. Das compras já realizadas, 69% foram por desktop, 21% em smartphones e 10% em tablets, de acordo com a Adobe.

(Via CNBC)

Participe do maior censo de startups do Brasil! Não deixe de entrar no grupo de discussão da StartSe no Facebook e de inscrever-se na nossa newsletter para receber o melhor de nosso conteúdo!

E caso você tenha em patrocinar os eventos da Startse, entre em contato no patrocinio@startse.com.

[php snippet=5]